Teilhard de Chardin na oração inter-religiosa desta semana

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • A arte da leitura. Artigo de Enzo Bianchi

    LER MAIS
  • Os verbos transitivos. Artigo de Gianfranco Ravasi

    LER MAIS
  • A necessária reversão da perda dos direitos trabalhistas no Brasil

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Agosto 2018

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora – MG.

Espírito Ardente

Nós, criaturas, somos, por nós mesmos
A Sombra e o Vazio.
Vós sois, meu Deus, o próprio fundo
E a estabilidade do Meio eterno,
Sem duração ou espaço,
Em que, gradualmente,
Nosso universo emerge e se realiza,
Perdendo os limites onde ele já
Nos parecia tão grande.
Tudo é ser, há tão-somente ser
Em todo lugar,
Fora da fragmentação das criaturas
E da oposição de seus átomos.
Espírito ardente,
Fogo fundamental e pessoal,
Termo real de uma união
Mil vezes mais bela e desejável
Do que a fusão destrutiva
Imaginada por não importa qual panteísmo,
Dignai-vos, mais uma vez, descer,
Para lhe dar uma alma,
Sobre a frágil película de matéria nova,
Com a qual hoje o mundo vai se envolver.

Fonte: Teilhard de Chardin. Hino do universo. São Paulo: Paulus, 1994, p. 22-23.


Teilhard de Chardin | Foto: Pinterest

Pierre Teilhard de Chardin (1881-1995): Jesuíta francês, pensador da condição humana e grande místico contemporâneo. Reconhecido pela originalidade de pensamento, foi contestado filosoficamente e considerado um herege, sendo impedido pelo Vaticano de lecionar no começo da década de 1950. Sua "reabilitação" com a Santa Sé ocorreu em maio 1981, quando o cardeal Agostino Casaroli, secretário de Estado do Vaticano, enviou uma carta ao reitor do Instituto Católico de Paris enaltecendo o trabalho de Teilhard de Chardin. Seu pensamento apresentava uma visão que integrava ciência e teologia e sua principal obra, O Fenômeno Humano (1955), explica sua visão sobre a história do Universo. É autor, entre outras, de Lugar do Homem no UniversoO Meio DivinoA Minha FéReflexões e Orações no Espaço-Tempo e Sobre a Felicidade.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Teilhard de Chardin na oração inter-religiosa desta semana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV