Etty Hillesum na oração inter-religiosa desta semana

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Mudanças climáticas: uma oportunidade para a teologia se libertar do passado. Artigo de Bruno Latour

    LER MAIS
  • O extermínio na hora do almoço. Artigo de Corrado Augias

    LER MAIS
  • É proibido esquecer Auschwitz e o maior roubo da história

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


23 Outubro 2015

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora e com Paulo Sérgio Talarico, artista plástico de Juiz de Fora.

Meu Deus,

Toma-me pela mão;

seguir-te-ei decididamente,

sem muita resistência.

Não me furtarei

a nenhuma das tempestades

que se abaterão sobre mim

nesta vida;

Suportarei o embate

com o melhor de minhas forças.

Mas dá-me, de vez em quando,

um breve instante de paz.

E não acreditarei,

em minha inocência,

que a paz que descer sobre mim
é eterna;

Aceitarei a inquietude

e o combate que se seguirão.

Gosto de demorar-me

no calor e na segurança,

mas não me revoltarei

quando tiver de enfrentar o frio,

desde que me guies pela mão.

Seguir-te-ei por toda parte

E tentarei não ter medo.

Onde quer que eu esteja,

tentarei irradiar um pouco de amor,

desse verdadeiro amor ao próximo

que há em mim. (…)

Não quero ser nada especial.

Quero tão somente tentar

tornar-me aquela que já está em mim,

mas ainda busco seu pleno desabrochar.

Fonte: Pierre Ferrière & Isabelle Meeús-Michiels. 15 dias de oração com Etty Hillesum. São Paulo: Paulina, 2014.

Etty (Esther ) Hillesum (1914 – 1943): Jovem holandesa de família judaica, a mística foi voluntária no campo de passagem de Westerbork, quando começou a escrever seu diário, em 1941. Durante os dois anos em que esteve nos campos de concentração, até sua morte em Auschwitz, Etty expressava em seu diário suas angústias e seu encontro com Deus, demonstrando uma experiência espiritual, relatando seu testemunho e compartilhando a dor dos horrores do Holocausto. Teve a oportunidade de salvar a si própria, mas decidiu compartilhar o destino do seu povo.

Leia mais sobre o legado místico de Etty Hillesum:

O renascimento de Etty Hillesum
Etty Hillesum rumo a Auschwitz, com radiosa esperança
Etty Hillesum: o canto da vida
No arco-íris de Etty Hillesum. Artigo de Gianfranco Ravasi
Etty Hillesum: reencontrar a vida no turbilhão do Holocausto
Mulheres de Deus: audazes corsárias do amor mais difícil
Cavar o próprio poço. Artigo de Henri Madelin
“Jesus se revela nas nossas fraquezas”. Entrevista com Jean Vanier
“Ninguém nunca viu a Deus.” Para a mística a verdade é sempre interior. Entrevista especial com Marco Vannini

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Etty Hillesum na oração inter-religiosa desta semana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV