Teóloga espanhola e jesuíta africano 'abrirão' o Sínodo sobre a sinodalidade

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • A geração Z é a geração ‘do Fim do Mundo’. Entrevista com Carlos Tutivén Román

    LER MAIS
  • Celibato dos padres no centro do Sínodo. O caso dos abusos impulsiona as reformas

    LER MAIS
  • “A Renda Básica não é em si uma proposta antitrabalho”. Entrevista com Alberto Tena

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


04 Outubro 2021


A primeira fase do Sínodo começa no dia 9 de outubro com a assembleia plenária e os grupos de trabalho, e continuará no domingo com a missa de abertura, presidida pelo Papa. A fase diocesana terá início em 17 de outubro


Hollerich, Grech e representantes de todas as realidades eclesiais dos cinco continentes contribuirão com seus testemunhos na tentativa de colocar a Igreja universal "em modo sinodal"

 


A informação é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 01-10-2021.



Uma espanhola, Cristina Inogés, será a encarregada de 'abrir' os trabalhos do Sínodo sobre a sinodalidade que terá início no próximo sábado, 9 de outubro, no Vaticano. O teólogo e jesuíta  Pe. Paul Béré, sj , de Burkina Faso, fará uma meditação antes do discurso do Papa Francisco, na qual certamente abordará a necessidade de colocar a Igreja Católica " em modo sinodal" .

Depois do Papa, intervirá o Relator Geral do Sínodo, Cardeal Hollerich, dando lugar a uma série de testemunhos de homens e mulheres, leigos, consagrados, religiosos, homens e mulheres, dos cinco continentes, e um discurso de Cardeal Grech, Secretário Geral do Sínodo.


Ao longo do fim de semana, uma série de trabalhos será produzida, primeiro em sessão plenária, e por grupos linguísticos depois, na Nova Sala do Sínodo. No domingo, Francisco presidirá a Eucaristia inaugural na Basílica de São Pedro, antes da abertura do processo em todas as dioceses do mundo, em sua primeira fase, prevista para 17 de outubro.

Representantes do Povo de Deus estarão presentes na primeira sessão do Sínodo, incluindo os delegados das Reuniões Internacionais de Conferências Episcopais e Organizações relacionadas, membros da Cúria Romana, delegados fraternos, delegados de vida consagrada e movimentos eclesiais leigos, o conselho de jovens, etc. O Papa Francisco participará da primeira parte da obra.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Teóloga espanhola e jesuíta africano 'abrirão' o Sínodo sobre a sinodalidade - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV