Trabalho (90)

Através das análises semanais intituladas “De Olho no Vale”, o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU apresenta diferentes dados sobre as realidades do Vale do Rio dos Sinos. Ao longo de 2014, o Observatório publicou análises sobre o mercado formal de trabalho da região do Sinos. As análises apresentam o número de trabalhadores admitidos, pessoas que se inserem no mercado formal de trabalho, e o número de desligados, pessoas…
O mundo do trabalho no Vale do Sinos é analisado periodicamente pelo Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU. Com a base de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, disponibilizado mensalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, o ObservaSinos publica os indicadores da realidade do mercado de trabalho. É válido lembrar que os conceitos de admitidos e desligados abaixo seguem a metodologia do MTE. Os admitidos são aqueles que têm o início…
Os registros administrativos presentes no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) são informações importantes para acompanhar a movimentação do mercado formal de trabalho e dos trabalhadores brasileiros nos diferentes territórios do país. O resultado do número de trabalhadores admitidos e desligados num determinado período e território é denominado saldo ou flutuação. Quanto este é positivo, constata-se que houve geração de emprego, houve mais admitidos; quando este é negativo, ocorreu fechamento de postos de trabalho. A partir destes…
Os registros administrativos presentes no Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) são informações importantes para acompanhar a movimentação do mercado formal de trabalho e dos trabalhares brasileiros nos diferentes territórios do país. A partir destes registros é possível constatar que no COREDE Vale do Rio dos Sinos em setembro deste ano houve saldo positivo na geração de emprego, ou seja, houve maior número de trabalhadores admitidos que desligados do mercado de trabalho. No entanto, o saldo positivo…
O mercado formal de trabalho no Brasil no mês de agosto deste ano registra saldo positivo, com 11.796 postos de trabalho. Ou seja, no mês se admitiu mais pessoas no mercado formal de trabalho do que se desligou. Mesmo havendo a geração de emprego no país, as Indústrias de transformação fecham o período com saldo negativo, com o fechamento de 15.392 postos de trabalho. O número de postos de trabalho nas Indústrias de transformação também foi negativo no estado do Rio Grande do Sul no…
O Observatório da Realidade e Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos analisou os dados do mercado formal de trabalho no mês de julho para o Vale do Rio dos Sinos e seus 14 municípios. Esta exposição foi inspirada na apresentação da carta mensal do mercado de trabalho para o mês de julho, sistematizada pelo Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas. A carta apresentou no âmbito nacional o crescimento de 0,03% dos postos no trabalho formal, especialmente no Setor de Serviços,…
No mês de maio de 2014 a região do Corede Vale do Rio dos Sinos registra saldo negativo na movimentação de trabalhadores no mercado formal de trabalho, ou seja, desligou 2.300 trabalhadores a mais que admitiu. O número de desligamentos também foi maior que o de admitidos no estado do Rio Grande do Sul (RS), com menos 4.126 vínculos; 55% dos desligamentos no saldo negativo do trabalho no RS ocorreram no Vale do Sinos. Dos catorze municípios que compõem o Corede, somente três registram saldo…
O mercado formal de trabalho no Brasil em abril deste ano apresenta saldo positivo com a geração de 105.384 novos vínculos de trabalho. O mesmo ocorreu no estado do Rio Grande do Sul (RS), saldo positivo de 8.589 postos de trabalho, que representa 8% das admissões no país. A Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) registra saldo positivo na geração de emprego, com 5.169 novos postos de trabalho com carteira assinada. Os catorze municípios que compõem o COREDE Vale do Rio dos Sinos, regionalização que…
O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, apresenta os dados referentes ao mercado formal de trabalho na região do Vale do Sinos a partir da “Carta do Mercado de Trabalho” elaborada pelo Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas. No mês de março de 2014, o trabalho formal obteve saldo positivo entre admissões e desligamentos no Brasil, gerando 13.117 postos de trabalho, com uma variação positiva de 0,03% sobre…
São consideradas analfabetas as pessoas que não sabem ler e escrever no mínimo um bilhete. Em fevereiro de 2014, segundo dados do cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE, em fevereiro de 2014 na região do Vale do Sinos foram admitidas no mercado formal de trabalho 40 pessoas analfabetas, sendo 72,5% do sexo masculino e 27,5% do feminino. A maior parte dos trabalhadores analfabetos admitidos tem entre 40 e 49 anos (37,5%). Seis jovens analfabetos, entre…