Trabalho (90)

O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE para verificar o número de admissões e desligamentos no mercado de trabalho do Vale do Sinos em agosto de 2015. A partir da atual conjuntura brasileira e gaúcha, em que o ajuste fiscal coloca em risco políticas públicas essenciais, tais como o acesso ao emprego, busca-se analisar as realidades do…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, monitora mensalmente a variação dos postos de emprego e desemprego em cada município e na região do Vale do Sinos a partir dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED disponibilizados pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. No mês de julho de 2015 se constatou a redução de postos de empregos na região do Vale do Sinos. Na Região Metropolitana de Porto Alegre – RMPA,…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE no mês de junho de 2015 e constatou a redução de postos de empregos na região do Vale dos Sinos. Na Região Metropolitana de Porto Alegre – RMPA, que reúne 34 municípios, incluindo os municípios do Vale do Sinos, o saldo do mês de junho também foi negativo, conforme…
O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, realizou o acesso às “Estatísticas do cadastro central de empresas” sistematizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para o ano de 2013, a partir do Cadastro Central de Empresas – CEMPRE. Foram reunidas pelo ObservaSinos as informações das empresas do Corede Vale do Sinos. A tabela 01 apresenta o número de empresas e outras organizações (administração pública, entidades sem fins lucrativos, pessoas físicas e instituições…
O mercado formal de trabalho brasileiro registrou saldo negativo de 115.599 postos de trabalho com carteira assinada no mês de maio de 2015. No mesmo período houve decréscimo de emprego formal no estado do Rio Grande do Sul e na Região Metropolitana de Porto Alegre. A sistematização e apresentação destes dados para estes territórios compõem a “Carta do mercado de trabalho” produzida pelo Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos…
Em abril deste ano foram reduzidos 1.519 postos de trabalho no Vale do Rio dos Sinos. Os dados são oriundos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, monitora mensalmente a variação dos postos de emprego em cada município e na região do Vale do Sinos. A tabela 01 apresenta a movimentação no…
O mês de março de 2015 registra saldo positivo na geração de empregos no Brasil, no estado do Rio Grande do Sul e na Região Metropolitana de Porto Alegre. No entanto, nestas três regionalizações o saldo é negativo nos últimos doze meses. Estes dados foram apresentados na “Carta do mercado de trabalho” produzida pelo Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas, tendo o mês de março de 2015 como referência. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos –…
Em fevereiro deste ano houve redução no número de postos de trabalho no Brasil, com saldo negativo de 2.415 vínculos. No mesmo período, o estado do Rio Grande do Sul e a Região Metropolitana de Porto Alegre apresentaram saldo positivo, com a geração de 3.220 novos postos de trabalho no estado e um acréscimo de 1.241 novos vínculos empregatícios na região. Os dados apresentados são oriundos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, disponibilizados mensalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE.…
O mercado formal de trabalho brasileiro apresenta o fechamento de 81.774 postos de trabalho com carteira assinada no mês de janeiro de 2015. No mesmo período, o estado do Rio Grande do Sul apresenta saldo positivo, com a criação de 8.338 novos postos de trabalho. A Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) no mês de janeiro de 2015 registrou o fechamento de 1.099 postos de trabalho com carteira assinada. O comércio foi o setor que mais teve postos de trabalho fechados, com saldo negativo de…
Na região do Vale do Rio dos Sinos houve uma redução no mercado formal de trabalho em 2014, com o fechamento de 5.168 postos de trabalho. Os setores identificados como Indústrias de transformação foram os que apresentaram o maior saldo negativo na região, com 6.170 vínculos empregatícios, seguido da Construção Civil, com 4.043 vínculos a menos. Foi nos municípios de Novo Hamburgo e de Canoas onde ocorreu o maior número de desligamentos da região, com a redução de 1.165 e 3.785 vínculos empregatícios, respectivamente. O Observatório da Realidade e das Políticas…