O perfil dos vereadores vai continuar o mesmo no Vale do Sinos: homens brancos e com idade entre 40 e 59 anos

  • Terça, 10 de Janeiro de 2017

No dia 1º de janeiro de 2017 tomaram posse os novos vereadores eleitos no Vale do Sinos. Assim como aconteceu com o número dos candidatos, os vereadores eleitos para o próximo mandato são, na sua maioria, homens, brancos e com idade entre 40 e 59 anos. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE para verificar o perfil dos vereadores eleitos nos 14 municípios do Vale do Sinos.

Eis o texto:

Nas eleições municipais de 2016, o percentual de abstenções, brancos, nulos e nulos parciais no Vale do Sinos foi de 28,84%. O maior percentual de abstenções, brancos e nulos ocorreu em Canoas, município no qual 36,58% dos eleitores optaram por um desses processos. Segundo os dados do TSE, 11.463 pessoas foram passíveis de cancelamento do título de eleitor na região. Essa situação, em termos percentuais, representa 1,22% dos 904.889 eleitores de 2015. Contudo, dos 11.463 eleitores passíveis de cancelamento, apenas 441 se dirigiram ao Cartório Eleitoral para regularizar a situação. Outro dado do perfil dos eleitores do Vale do Sinos indica que mais de 35% - 355.944 pessoas - não possuem ensino fundamental completo, 10,58% têm ensino fundamental completo e 1,64% são analfabetos, enquanto 48.841 ou 4,86% dos eleitores concluíram o ensino superior.

As mulheres ocupam baixos percentuais de vagas nos cargos eletivos no Brasil: 10% são ocupados por deputadas federais e 14% por senadoras. De maneira idêntica, essa situação se reflete nas Assembleias Legislativas Estaduais e nos poderes Executivos e em número ainda menor nas Câmaras de Vereadores. No Vale do Sinos, segundo os dados do TSE, 576 mulheres foram candidatas e 1.201 homens concorreram à Câmara de Vereadores dos 14 municípios da região. Os dados apontam, portanto, que 67,59% dos candidatos foram do sexo masculino e 32,41% do sexo feminino. Estância Velha foi o município com o maior percentual de candidatas, com 35,42%. Entretanto, apenas 14 conseguiram se eleger, ou seja, 2,7% das candidatas. Canoas, por ser o município de maior população na região, teve 94 mulheres candidatas ao Legislativo; no entanto, apenas uma conseguiu se eleger. Já em 2012, o município não conseguiu eleger nenhuma mulher. O município de Araricá não elegeu nenhuma mulher para Câmara de Vereadores.

Da mesma forma que a representatividade das mulheres, menos de 3% dos deputados federais e senadores são jovens. Apenas 130 dos 1.777 candidatos estavam na faixa dos 18 aos 29 anos, ou seja, 7,32% dos candidatos do Vale do Sinos. Cabe destacar que no Rio Grande do Sul quase 24% do total de eleitores têm até 29 anos. Os municípios de Araricá, Estância Velha, Nova Hartz e Portão conseguiram eleger um vereador com idade abaixo de 29 anos. Em 2012, no penúltimo pleito municipal, foram eleitos 6 vereadores com idade entre 18 e 24 anos. Assim como aconteceu com o número dos candidatos, os vereadores eleitos para o próximo mandato são, na sua maior parte, homens brancos e com idade entre 40 e 59 anos.