De Olho no Vale (320)

Confira as notícias referentes à região do Vale do Rio do Sinos.

Em 2016, o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, promoveu o edital de publicação para pesquisas e/ou experiências na região do Vale do Rio dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre, que contou com a participação de trabalhos que analisaram diversas realidades a partir de diferentes perspectivas. O trabalho “Residência multiprofissional: dispositivos para um trabalho interdisciplinar” foi realizado por Andréia Sates, Marciane Diel, ambas graduadas em Serviço Social…
Produto Interno Bruto do Vale do Sinos apresentou crescimento nominal de 5,92% de 2013 a 2014, com redução de 10,91% em Canoas. Economia da região representa 11,73% da do estado e é fortemente afetada pelo setor de serviços, que detém 72,35% do valor adicionado frente a 27,34% da indústria e 0,31% da agropecuária. PIB per capita da região mantém-se menor que o do estado. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos…
A Rede de Observatórios Sociais com atuação no Rio Grande do Sul manifesta seu APOIO EM DEFESA das ORGANIZAÇÕES ESTADUAIS DE PESQUISA, responsáveis pela sistematização de informações, que subsidiam o planejamento, monitoramento, avaliação e controle social das políticas públicas dos municípios, do estado e do país. Os Observatórios atuam diretamente com dados e consideram indispensável o trabalho realizado pelas: Fundação de Economia e Estatística (FEE), Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec), Fundação Cultural Piratini (FCP), Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), Fundação Estadual…
Em 2016, o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, promoveu o edital de publicação para pesquisas e/ou experiências na região do Vale do Rio dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre, que contou com a participação de trabalhos que analisaram diversas realidades a partir de diferentes perspectivas. O trabalho “Por uma ecologia humanitária e não destrutiva” foi realizado pelo graduado em Teologia, Giocemar Nunes Corrêa, que é técnico…
No Vale do Sinos, postos de emprego aumentaram em outubro, com destaque à construção civil. Setor tem sido a aposta para retomar o crescimento do país, mas é a atividade econômica que mais mata trabalhadores no Brasil, conforme pesquisas. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessa, mensalmente, os dados da movimentação no mercado formal de trabalho nos territórios do Vale do Sinos a partir do Cadastro Geral de…
Em 2016, o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, promoveu o edital a fim de dar espaço para pesquisas e/ou experiências na região do Vale do Rio dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre, que contou com a participação de trabalhos que analisaram diferentes realidades a partir de diferentes perspectivas. O trabalho “A implementação da Política de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes em Sapucaia do Sul” foi…
Em 2016, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, promoveu o edital para publicação de trabalhos a fim de dar espaço para pesquisas e/ou experiências na região do Vale do Rio dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre, que contou com a participação de trabalhos que analisaram diferentes realidades a partir de diferentes perspectivas. O trabalho “Políticas Públicas de proteção às cheias e aposta contra novos diques” foi…
Índice de Gini da renda dos trabalhadores do mercado formal de trabalho, em 2015, aponta maior desigualdade de renda em municípios mais populosos da região, como Canoas, São Leopoldo e Campo Bom. Já municípios menos populosos, como Araricá e Nova Hartz, possuem os menores índices de desigualdade. Renda média mensal é de R$ 2.248,37. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados da Relação Anual de Informações…
Ao dar continuidade às análises sobre o processo eleitoral, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE para verificar a evolução do eleitorado entre 16 e 18 anos e acima de 70 anos de idade, entre 1996 e 2016, na região do Vale do Rio dos Sinos. Eis o texto. Percebe-se o desinteresse crescente dos jovens pela participação na política a…
O número de estabelecimentos formais de trabalho cresceu 1,60% no Vale do Sinos de 2012 a 2015, com destaque para a construção civil, que obteve aumento de 30,11%. No entanto, vínculos formais foram reduzidos em 4,26%, sendo uma das ocupações com maior redução a de operadores de telemarketing, -59,12%. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS do Ministério…