De Olho na Metrópole (205)

Confira as notícias referentes à Região Metropolitana de Porto Alegre.

Em meio ao cenário de crises na saúde, na política e na economia brasileira, estão diretamente afetados o mundo do trabalho e a vida dos trabalhadores. Desde o mês de abril a realidade do emprego teve transformações significativas tanto mundialmente como no Brasil. O desemprego desponta em dados alarmantes, que estão também expressos no acesso ao seguro-desemprego, política de proteção do trabalhador brasileiro desde 2002. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos…
Em meio ao período de pandemia e isolamento social inúmeras são as mudanças de organização da vida social, econômica, política, cultural. Uma das preocupações em relação à ampliação da convivência familiar é a violência, especialmente em relação às mulheres. A partir dos dados da Secretaria de Segurança Pública constata-se a queda nos registros oficiais de violência contra mulher no Rio Grande do Sul no mês de abril em relação ao início do ano. Ainda assim, foram 113 ocorrências diariamente no estado, significando 5 situações de violência por…
Em meio aos desafios postos pela pandemia em curso, está a identificação e protocolos relacionados à vida da população em geral e aos grupos populacionais que apresentam maior risco. Entre os grupos prioritários estão os idosos, que exigem acompanhamento e definição de estratégias para a sua proteção. Conhecer as realidades dos idosos do estado e de Porto Alegre neste contexto de Covid-19 foi o propósito do Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas…
Como disse o economista Luiz Gonzaga Belluzzo em entrevista à IHU On-line, “os trabalhadores, assalariados ou informais, são o grupo de risco da pandemia econômica”. Na Região Metropolitana de Porto Alegre, 26% dos trabalhadores ocupados não contribuem para seguridade social e 23% estão na informalidade. Dos empregos formais criados no ano passado, mais de 60% são contratos intermitentes.  O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, acessou os dados do mercado…
43% da população porto-alegrense em 2018 tinha restrição de acesso a saneamento básico, moradia, educação, proteção social e acesso à internet. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, acessou a base de dados da Síntese dos Indicadores Sociais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE para analisar esses indicadores para Porto Alegre. Eis os números.  Saneamento básico Uma das medidas de proteção à contaminação da Covid-19 é a…
Diabetes, doenças por aparelho respiratório e circulatório representaram 30% das internações nos meses de janeiro e fevereiro de 2020 na Região Metropolitana de Porto Alegre. E são as pessoas portadoras de doenças crônicas que têm maior risco de vida quando infectadas pelo novo coronavírus. Esta realidade exige uma série de procedimentos dos municípios em relação à política de saúde e seus equipamentos, assim como de cuidados da população nos diferentes municípios. Diante disso, o ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, reuniu dados para…
Com o aumento exponencial de casos de Covid-19 no Brasil, tornam-se indispensáveis os equipamentos hospitalares, que ofereçam leitos de Unidade de Tratamento Intensivo - UTI e respiradores. O Amazonas é um dos primeiros a sofrer com o colapso do sistema de saúde. O seu principal hospital já está atuando na capacidade máxima em relação às exigências de UTI e de respiradores. Esse estado sofre até com a falta do remédio usado no tratamento de doenças respiratórias. A aproximação com o panorama do sistema de saúde do Rio…
A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul divulgou o registro de 481 casos confirmados do novo coronavírus no estado, além de oito mortes até o final da manhã de segunda-feira (6). O primeiro caso de Covid-19, no estado, aconteceu no dia 29 de fevereiro, após 3 dias do primeiro caso confirmado no Brasil. Infográfico: Número de infectados pela Covid-19 no Rio Grande do Sul A Secretaria Estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão - Seplag do Rio Grande do Sul publicou no dia 17 de março…
Há duas semanas, no dia 17 de março, o governo do Rio Grande do Sul projetou que o estado poderia ter 3,5 mil infectados pelo novo coronavírus (Covid-19), caso o número fosse no mesmo ritmo da Coreia do Sul, Itália e Irã. Tudo indica que o Rio Grande do Sul seguirá o ritmo do Japão, já que alcançou quase 300 infectados em 20 dias. Observa-se que o coronavírus atinge com prevalência a população idosa, que tem a saúde mais vulnerável, agravada ainda por outras doenças crônicas. Diante…
A pandemia do coronavírus ganha outros grupos em situação de risco em muitos países que vivem a pobreza e as desigualdades sociais. Esta população é moradora das ruas e das periferias urbanas, vive em moradias precárias, sem água, sem saneamento, sem renda. O isolamento determina uma série de condições que passam a ser indicadoras de progressão da doença, ao invés de sua contenção.  O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, apresenta…