Francisco visitará o túmulo de Samuel Ruiz em Chiapas

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma escolha crucial: como a Igreja seleciona seus bispos?

    LER MAIS
  • Os três passos dos homens

    LER MAIS
  • Abismo de desigualdades

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


08 Janeiro 2016

O Papa Francisco visitará o túmulo bispo de San Cristóbal de las Casas e conhecido defensor dos povos indígenas, Samuel Ruíz García, durante sua visita do próximo mês de fevereiro a Chiapas, no sul do México.

A informação é publicada por Religión Digital, 07-01-2015. A tradução é de Janaína Cardoso

Como parte das atividades da agenda de Francisco, na segunda-feira 15 de fevereiro visitará a catedral de San Cristóbal, onde se encontram os restos mortais do bispo, falecido em 2011 e acusado em seu momento de vínculos com a guerrilha do Exército Zapatista de Libertação Nacional.

O religioso guiou a diocese entre 1959 e o ano 2000. Durante anos, o Vaticano vigiou especialmente sua atuação e realizou investigações sobre seu projeto diocesano, no temor de que promovesse uma "Igreja autônoma", separada de Roma.

Francisco chegará a San Cristóbal pela manhã do dia 15 de fevereiro, procedente da Cidade do México e com uma parada em Tuxtla Gutiérrez. Se a neblina permitir, seu translado entre ambas as cidades será feito de helicóptero, caso contrário será por via terrestre.

A celebração mais importante que terá em San Cristóbal será uma missa com membros de diversas etnias do México e de outros países da América Central, durante a qual se rezará em línguas indígenas.

O Papa também dirá umas palavras em alguns destes idiomas.

Depois do meio-dia, compartilhará a refeição com oito indígenas e fará uma visita privada à catedral, onde poderá rezar diante do túmulo de Dom Samuel.
 
A viagem apostólica ao México, prevista para entre os dias 12 a 18 de fevereiro, Jorge Mario Bergoglio terá outros detalhes. Entre outras coisas, presenteará uma coroa à imagem da Nossa Senhora de Guadalupe na tarde do sábado, 13.

Neste dia, o Papa se transladará em papamóvel até o átrio da Basílica guadalupana, aonde chegará pouco antes das 17 horas locais (23:00 GMT) e se dirigirá ao antigo templo expiatório de Cristo Rei, onde se revestirá.

Desde ali, seguirá em procissão, acompanhado por cardeais, bispos e sacerdotes de todo o país, até a nova basílica, onde celebrará a missa e, ao final, poderá admirar de perto a imagem de Nossa Senhora no camarim posterior, onde rezará um momento.

Depois da cerimônia, voltará no papamóvel à nunciatura apostólica da Cidade do México. A distância entre essa sede diplomática e o santuário é de 16 quilômetros, portanto essa tarde cobrirá 32 quilômetros nos quais saudará as pessoas presentes no trajeto.

Nestes dias, o Papa está se preparando para a visita ao México, trabalha nos discursos e mensagens que dará ao longo de sua estadia e os mexicanos se preparam para acompanhá-lo, com presença também no Vaticano.

Por isso, se vêem muitas bandeiras tricolores nos atos papais desta temporada dezembrina. Inclusive no dia 31 de dezembro na Praça de São Pedro, depois da tradicional visita de Francisco ao nascimento monumental desse lugar.

Em um vídeo difundido na internet se pode ver o momento no qual o Papa brincou com um mexicano que lhe antecipou a boa recepção que terá em seu país: "Com tequila ou sem tequila?", lhe respondeu o líder católico, desatando a risada dos presentes.

Bergoglio prepara também algumas surpresas, já que ainda restam vários tempos mortos no calendário de sua permanência mexicana. Uma delas, importante, está prevista para a tarde-noite do domingo, 14 de fevereiro.

Originalmente, neste dia estava previsto um encontro com o mundo da cultura no Auditório Nacional da Cidade do México, mas em dezembro o Papa comunicou que preferia deixar livre esse momento e a reunião foi cancelada.

O núncio apostólico no México, Christophe Pierre, já antecipou, em uma entrevista à Notimex: "Se haverá surpresas? Graças a Deus, claro! A beleza deste Papa são suas surpresas".

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Francisco visitará o túmulo de Samuel Ruiz em Chiapas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV