Papa pretende ir a El Salvador para a canonização de dom Romero

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • A fé do Brasil dividido

    LER MAIS
  • Núcleo de pesquisa da USP publica nota sobre criacionismo defendido por novo Presidente da CAPES

    LER MAIS
  • A nova teologia do Ecoceno. Entrevista com Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 29 Outubro 2015

O Papa Francisco mencionou aos bispos salvadorenhos a possibilidade de ir a El Salvador para a canonização do beato dom Óscar Arnulfo Romero y Gadámez.

A reportagem é de Jaime García e publicada por El Salvador.com, 27-10-2015. A tradução é de André Langer.

Um grupo de bispos de El Salvador terá, nesta sexta-feira, um encontro público com o Papa Francisco, no Vaticano, para agradecer-lhe pela beatificação do arcebispo Óscar Arnulfo Romero.

Dom Jesús Delgado, que estará no grupo que se reunirá com o Papa, informou que o encontro será ao meio-dia, horário da Itália.

O religioso disse que vão aproveitar o encontro também para informar o Papa sobre o estado do processo de beatificação do Pe. Rutilio Grande.

Indicou que o Papa Francisco pediu aos bispos salvadorenhos para que o informem sobre isso para determinar sua visita a El Salvador para a canonização de Romero e a beatificação de Grande simultaneamente.

Processo

Em 23 de março passado, o delegado do Papa, Angelo Amato, leu, em latim, a Carta Apostólica enviada pelo Papa Francisco, mediante a qual Óscar Arnulfo Romero foi declarado beato.

“O Papa condicionou, de certo modo, a data da canonização de dom Romero, para fazer duas coisas ao mesmo tempo, porque iria ao país. Disse aos bispos que o dia em que estiverem prontos com a beatificação do Pe. Rutilio Grande, aproveitaria para canonizar dom Romero, sempre e quando tiver sido reconhecido um milagre feito por dom Romero”, assegurou Delgado.

“Quando tiver esclarecido o milagre, e este responder aos requisitos da Igreja, já estaremos em condições de canonizar dom Romero. Nesse caso, tudo depende de quando possa ser beatificado o Pe. Rutilio Grande”, disse Delgado.

O religioso explicou que o processo de beatificação de Grande será mais fácil que o de Romero. Acrescentou que, no caso de Romero, foi mais difícil porque seu nível de compromisso envolvia todo o país e outras partes do mundo; e no caso de Grande é mais local, com a Igreja de Aguilares.

“Penso que, assumo, não sou profeta, que a visita do Papa poderá ser no próximo ano, durante a sua visita ao México. Talvez alongue sua visita com uma escala na Guatemala e em El Salvador, e esse poderia o momento em que o Papa visitará El Salvador e canonizará dom Romero”, enfatizou.

Delgado explicou que a cerimônia de canonização é similar à da beatificação, apenas que nesta última estará presente o Papa.

Acrescentou que há um documento que declara santo a Romero e durante a cerimônia se descerra uma imagem sua para que possa ser venerada em nível nacional e internacional.

Explicou que como beato, é permitido render culto a Romero, mas apenas nas Igrejas da Arquidiocese de San Salvador, e quando for canonizado será em todas as paróquias do país e do mundo.

“Como santo, pode-se prestar culto religioso a ele em todo o mundo”, enfatizou Delgado.

Tradição

É uma tradição o fato de ir ao Vaticano para agradecer ao Papa, quando envia um Legado Pontifício para a beatificação de uma pessoa, neste caso dom Romero.

Delgado explicou que devido ao fato de a reunião ser no Salão Clementina, do Palácio Apostólico do Vaticano, em Roma, são convidados 500 salvadorenhos para que participem do encontro.

Esta sala costuma ser utilizada para encontros com cardeais, bispos, funcionários e grupos religiosos.

Indicou que a maioria dos compatriotas que estarão no encontro com o Pontífice, mora em Milão, no norte da Itália. De El Salvador irão poucas pessoas devido ao alto custo das passagens aéreas.

“Penso que as pessoas que vão participar já foram escolhidas e convocadas, para que recebam o ingresso. As 500 pessoas já estão registradas”, disse Delgado.

“Este é o objetivo da visita: agradecer ao Papa a bondade infinita e amorosa que teve ao beatificar dom Óscar Arnulfo Romero y Gadámez”, disse Delgado.

Participarão do encontro o arcebispo de San Salvador, dom José Luis Alas, o arcebispo auxiliar, Gregorio Rosa Chávez, Fabio Colindres e os bispos de Chalatenango, San Vicente, Sonsonate e Zacatecoluca.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa pretende ir a El Salvador para a canonização de dom Romero - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV