E sopra um vento de ar puro... Os dois anos de Papa Francisco em debate

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Rio Grande do Norte. Seridó ameaçado

    LER MAIS
  • Arcebispo de Ribeirão Preto visita no hospital a Dom Pedro Casaldáliga, “um ícone no Brasil”

    LER MAIS
  • Francisco nomeia seis mulheres para grupo que supervisiona as finanças vaticanas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


18 Mai 2015

Depois de um longo inverno eclesial, um vento de ar puro e fresco sopra na Igreja.

O jesuíta argentino que chegou ao Vaticano com ares de novidade tem conquistado fiéis do mundo todo, caiu nas graças da imprensa, mas também tem mexido com a Igreja, suscitando resistências e contrariedades. Assim tem sido Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco.

Entender o pontificado desse bispo que veio lá “do fim do mundo”, depois de dois anos de pontificado, é o tema em debate da revista IHU On-Line desta semana.

A edição é publicada na semana em que acontece o II Colóquio Internacional Concílio Vaticano II. 50 anos, na Unisinos, promovido pelo Instituto Humanitas Unisinos – IHU. No evento, mais precisamente na manhã da próxima quinta-feira, serão debatidos, especificamente, “Os dois anos do pontificado do Papa Francisco à luz do Concílio Vaticano II” com a participação de especialistas brasileiros e internacionais.

Contribuem na presente edição, Juan Carlos Scannone, teólogo e filósofo argentino, um dos mais importantes teóricos da assim chamada Teologia do Povo, Andrea Grillo, teólogo leigo italiano; Hermann Häring, professor de Teologia no Instituto para Religião, Ciência e Cultura da Universidade de Nijmegen, Holanda; Felix Wilfred, chefe do Departamento de Estudos Cristãos, Faculdade de Filosofia e pensamento religioso, da Universidade de Madras, Chennai, Índia, e presidente da Revista Internacional de Teologia Concilum; Sérgio Ricardo Coutinho, professor de História da Igreja no Instituto São Boaventura, Brasília; John W. O’Malley, historiador e professor de Teologia na Georgetown University, Washington.

Massimo Faggioli é doutor em História da Religião e professor de História do Cristianismo da University of St. Thomas, de Minnesota; Austen Ivereigh, jornalista e cientista político, é autor do livro The Great Reformer: Francis and the Making of a Radical Pope; Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da Unisinos; Leonardo Boff, teólogo, filósofo e escritor; Washington Uranga, jornalista argentino e diretor do Mestrado em Comunicação Institucional da Universidade Nacional de San Luis; Francis McDonagh, jornalista, correspondente para a América Latina da revista britânica The Tablet.

Gianni Vattimo, filósofo italiano; Vito Mancuso, teólogo italiano; Paulo Suess, professor no ciclo de Pós-Graduação em Missiologia, no Instituto Teológico de São Paulo – ITESP e assessor teológico do Conselho Missionário Indigenista - CIMI; Gilles Routhier, teólogo, professor na Universidade de Laval, Canadá; Deborah Rose-Milavec, teóloga, coordenadora do movimento FutureChurch e Christine Schenk, teóloga e diretora emérita do grupo FutureChurch; Helmut Schüller, padre de Viena, coordenador do movimento austríaco Pharrer-Initiative; Stefano Zamagni, professor de economia na Universidade de Bolonha, na Itália, e Todd A. Salzman e Michael G. Lawler, professores no departamento de Teologia da Universidade Creighton, nos Estados Unidos.

Ainda participam desta edição com depoimentos sobre os dois anos do pontificado de Francisco, Castor M.M. Bartolomé Ruiz e Alfredo Culleton, professores de Filosofia; Pedro A. Ribeiro de Oliveira, sociólogo; Brenda Carranza, socióloga; Francisco de Assis da Silva, Bispo Primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil; Walter Altmann, pastor luterano, João Pedro Stédile, da coordenação nacional do MST, José Maria Mayrink, jornalista, Ivone Gebara, teóloga e os teólogos Faustino Teixeira, Luiz Carlos Susin e Erico Hammes.

Completa a edição uma importante resenha do livro “La Réception du Concile Vatican II: Accéder à la source” (Paris: du Cerf, 2009, 944 pp) de Christoph Théobald, elaborada por Gilles Routhier.

A revista IHU On-Line estará disponível na segunda-feira, a partir das 17h, nesta página, nas versões html, pdf e ‘versão para folhear’.

A edição impressa circulará na terça-feira, no campus da Unisinos, a partir das 8h.

A todas e a todos uma boa leitura e uma excelente semana!

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

E sopra um vento de ar puro... Os dois anos de Papa Francisco em debate - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV