Marina, vai de Aécio?

Revista ihu on-line

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

Mais Lidos

  • Comunhão na Igreja dos EUA ''já está fraturada''. Entrevista com Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Vozes que desafiam. A vida de Simone Weil marcada pelas opções radicais

    LER MAIS
  • A disrupção é a melhor opção para evitar um desastre climático, afirma ex-presidente irlandesa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 06 Outubro 2014

"Aliados que acompanharam a apuração com Marina Silva saíram convencidos de que ela vai apoiar Aécio Neves. Depois de condenar a polarização entre PT e PSDB, a candidata do PSB deve dizer que o eleitor votou pela mudança ao justificar a opção pelo tucano. Antes, cobrará a incorporação de algumas ideias ao programa dele. Aécio também quer o apoio da família de Eduardo Campos para turbinar sua votação em Pernambuco, onde teve o pior desempenho no país, abaixo dos 6%".

A informação é de Bernardo Mello Franco, jornalista, no painel da Folha de S.Paulo, 06-10-2014.

Segundo ele, "nas conversas, Marina repetia que foi 'desrespeitada' pelo PT e que não havia chance de discutir um apoio a Dilma Rousseff. 'Não dá', dizia ela".

O jornalista comenta ainda que o "coordenador da campanha, o ex-tucano Walter Feldman deu a senha: 'As urnas optaram pela mudança. Agora temos que trabalhar com a alternativa que está posta e qualificá-la'".

Destaca ainda que "com poucas exceções, os aliados defenderam que Marina não repita a neutralidade do segundo turno de 2010, quando rejeitou apoiar José Serra (PSDB). Na época, seu rancor com o PT não era tão grande".

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Marina, vai de Aécio? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV