O bicentenário do Instituto Marista representa “um novo começo”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Não seremos salvos pelo moralismo, mas pela caridade”. Artigo do Papa Francisco

    LER MAIS
  • A contagem regressiva para a próxima pandemia

    LER MAIS
  • Carta de alerta a todas as autoridades políticas e sanitárias brasileiras sobre a Covid-19

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Caroline | 01 Agosto 2014

No próximo dia 02 de janeiro de 2017 se completarão dois séculos do Instituto Marista. No caminho até 2017, o mesmo P. Champagnat nos convida a um novo começo. Para preparar essa celebração elegeu-se a logomarca que acompanhará o Instituto ao longo do caminho. A logo selecionada foi desenhada por Andrés Gil, leigo marista de Bilbao.  

A reportagem é publicada por Maristas, 31-07-2014. A tradução é do Cepat.

Fonte: http://goo.gl/Ks5U5F

A ideia principal da logo é celebrar 200 anos. Por isso é que o número 200 é o elemento principal. Este número, por sua vez, é composto por 3 elementos, os quais assinalam que 2017 não é apenas uma lembrança histórica, mas um novo começo:

- O número dois, um traço azul, remete ao horizonte, ao futuro, um novo começo... Aqui podemos ver também a letra “L”, que reporta La Valla, L'Hermitage, o berço do Instituto.

-Duas letras “M”, uma como espelho da outra, formam os dois zeros do número 200. Referem-se, em primeiro lugar, o que somos: Maristas, mas também é uma recordação de personagens históricos de nosso caminhar: Montagne, Maria, Marcelino... Por outro lado, referem-se ao chamado da missão, a mística. Os dois “m” sobrepostos simbolizam também o passado e o futuro, o exterior e o interior.

- O traço do número “2” termina com 3 elementos que são 3 pétalas de uma violeta. Situam-se no extremo, com uma projeção para frente, como uma assinatura. A violeta apresenta-se frequentemente como um símbolo da sensibilidade, um elemento importante da espiritualidade marista...

A cor principal é o azul (Maria), contrastado pelo púrpura e o laranja.

A tipografia é clássica, o que facilita o lançamento da frase em diferentes idiomas onde se viva o carisma marista.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O bicentenário do Instituto Marista representa “um novo começo” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV