Os quatro piores alimentos industrializados que ainda fazem o maior sucesso

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Governo autoriza 42 novos agrotóxicos e somando 239 registros no ano

    LER MAIS
  • A justiça social é mais importante para evitar doenças mentais do que medicamentos, afirma relator de saúde da ONU

    LER MAIS
  • A Igreja é contra a Reforma da Previdência

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

14 Dezembro 2013

Em um mundo cada vez mais globalizado, o tempo vira artigo cada vez mais escasso na vida de muitas pessoas. Às vezes, fica difícil até realizar as atividades mais básicas a qualquer ser humano, como fazer as refeições. É aí que a praticidade ganha terreno. Alimentos industrializados, prontos para o consumo, fazem sucesso, porque são práticos e dispensam muito tempo para o preparo. Mas o custo disso pode ser alto.

A reportagem é publicada por EcoDebate, 13-12-2013.

Esses alimentos são verdadeiros vilões da vida saudável, contém inúmeras substâncias que podem não só engordar, mas também, colocar em risco à sua saúde. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos, um em cada dez adultos tem diabetes – 1,6 milhão de casos são diagnosticados por ano. Além disso, 70% da população é considerada acima do peso. Nós brasileiros também não temos o que comemorar. Hoje, 50% da população está com sobrepeso. Fique atento e conheça alguns dos piores alimentos industrializados, segundo o site Curiosidades Insanas.

NUGGETS

Os nuggets estão no topo da lista dos alimentos industrializados mais consumidos em todo mundo. Muito embora alguns defensores de comida saudável já tenham provado seus males, a maioria das pessoas ignora os fatos e continua comendo esse tipo de gordura. Mas, vamos a realidade: os nuggets são compostos de boa parte de gordura e carboidratos, além do glutamato monossódico, substância que dá aquela vontade de comer sem parar.
Além disso, são processados com a pior parte do frango: olhos, patas, miúdos, bicos, tudo muito rico em gorduras e amônia (sim, amônia!), para evitar a contaminação por bactérias, corantes e aromatizantes. Acompanhe a experiência frustrante do chef britânico Jamie Oliver ao tentar, involuntariamente, convencer criancinhas a não comerem mais nuggets:

Clique na imagem e assista ao vídeo


MIOJO

Criado pelos japoneses após a Segunda Guerra Mundial, o miojo é um dos vilões da vida saudável. Para que o macarrão fique desidratado, daquela forma que encontramos no pacote, ele é pré-cozido e frito. Por isso, possui o triplo de calorias do que o macarrão convencional, além de gorduras trans. Se não bastasse, pesquisas recentes mostraram que o macarrão instantâneo faz mais mal do que se imaginava.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), recentemente, analisou dez marcas de macarrão instantâneo e chegou a uma conclusão assustadora: o tempero em pó de algumas marcas do produto contém mais sódio do que a quantidade indicada para o consumo em um dia inteiro. Miojo, sinônimo de sobrevivência: será?

LASANHA DE MICRO-ONDAS

Os adeptos da comida congelada precisam ficar mais atentos, pois esse tipo de alimento semi-pronto é rico em gordura saturada, ou seja, eleva os níveis do colesterol ruim e aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Tais refeições também são ricas em sódio que, em excesso, pode ocasionar aumento da pressão arterial. Além disso, são extremamente calóricos. Uma lasanha de micro-ondas possui, em média, 900 Kcal, quase a metade de calorias que você deve ingerir por dia.

TEMPERO INSTANTÂNEO

Temperar a comida fica muito mais fácil com caldo de carnes ou legumes, não é mesmo? Mas esses cubinhos são quase um “veneno” para sua saúde. Eles contém elevada concentração de sódio e de aditivos químicos – como o glutamato monossódico, responsável por realçar o sabor. Esses aditivos estimulam o paladar, fazem com que as pessoas demorem ainda mais a ficarem satisfeitas, aumentando o prejuízo.

Pior ainda, também há uma suspeita de que o glutamato monossódico possa causar câncer no trato intestinal, além de inúmeros danos à pressão arterial. Alimentar-se bem é essencial para sua saúde, evite os alimentos citados acima e procure fazer refeições ricas em proteínas, legumes e frutas. Tudo é uma questão de equilíbrio.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os quatro piores alimentos industrializados que ainda fazem o maior sucesso - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV