Brasil 247 chama Paulo Henrique Amorim de “blogueiro decadente”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “O risco que eu estou correndo é cada vez maior, e a responsabilidade vocês sabem de quem é”, denuncia padre Júlio Lancellotti

    LER MAIS
  • A nova encíclica de Francisco nascida do diálogo com o Islã e do Covid. Artigo de Alberto Melloni

    LER MAIS
  • Padre Julio Lancellotti recebe novas ameaças após ataques virtuais de deputado

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Novembro 2013

A entrevista concedida por Dilma Rousseff ao Brasil 247, cujo conteúdo foi publicado na última sexta, resultou em troca de ofensas entre os jornalistas Leonardo Attuch, que conversou com a presidente, e Paulo Henrique Amorim. O responsável pelo blog Conversa Afiada lamentou o fato de não ter, até o momento, conseguido uma exclusiva com a sucessora de Lula, além de disparar contra o diretor do 247.

A informação é publicada pelo portal Comunique-se, 25-11-2013.

Para Paulo Henrique Amorim, Attuch tem forte relação profissional com Daniel Dantas, banqueiro que já enfrentou investigações da Polícia Federal e chegou a ser preso, sendo liberado em duas oportunidades graças a habeas corpus aceitos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O apresentador do ‘Domingo Espetacular’, da Record, chegou a cravar que o empresário é o verdadeiro mantenedor do Brasil 247.

“Dizem que a Presidenta Dilma Rousseff deu uma entrevista EXCLUSIVA a um dos ‘braços’ do Daniel Dantas: é um site na internet que se esconde com a identificação ‘247’. O editor responsável, Leonardo Attuch, foi ou é funcionário de Dantas. O site se especializa em reproduzir textos não autorizados e, como Dantas, dissimula a origem das informações que publica”, criticou Amorim, em texto publicado no sábado, 23.

A postura de Amorim provocou a reação de Attuch, que, na manhã de domingo, destinou a manchete do seu site para chamar o colega de trabalho de “blogueiro decadente”, além de ser uma pessoa “com dor de cotovelo”. O diretor e do Brasil 247 aproveitou para se defender das acusações e garantir que Daniel Dantas não tem quaisquer relações com a página online. “A empresa pertence exclusivamente ao jornalista Leonardo Attuch e todos os documentos societários são públicos”.

Paulo Henrique Amorim, no seu ‘chororô’, também insiste em outra mentira. Afirma que Leonardo foi ou é empregado de Daniel Dantas, dono do grupo Opportunity. Antes do 247, Attuch trabalhou nas redações de Veja, Exame, Correio Braziliense, Istoé e Istoé Dinheiro. Na cobertura da chamada ‘guerra das teles’, denunciou ilegalidades das operações Chacal e Satiagraha – já confirmadas pela Justiça – e foi duramente atacado por personagens como Amorim”, comentou o diretor do Brasil 247.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasil 247 chama Paulo Henrique Amorim de “blogueiro decadente” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV