Bergoglio participa, como um fiel a mais, de uma ordenação episcopal

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Do samba ao funk, o Brasil que reprime manifestações culturais de origem negra e periférica

    LER MAIS
  • ASA 20 Anos: Água potável é vida e bênção para a infância do Semiárido

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 19 Setembro 2013

Na terça-feira, dia 17 de setembro, à tarde, na Basílica de São Pedro, foi ordenado bispo KonradKrajewski, esmoleiro de Sua Santidade, que escolheu como lema episcopal “Misericórdia”.

 
Fonte: http://bit.ly/16aott3  

A reportagem está publicada no sítio da Rádio Vaticano, 18-09-2013. A tradução é de André Langer.

O rito de ordenação foi presidido pelo cardeal Giuseppe Bertello, presidente do Governadorado do Estado da Cidade do Vaticano. E o Papa Francisco participou da ordenação sentado entre a assembleia.

Em sua homilia, o cardeal Bertello recordou as palavras do próprio Santo Padre Francisco durante a sua recente visita ao Centro Astalli dos jesuítas para os refugiados, destacando que servir significa “inclinar-se sobre quem tem necessidade e estender-lhe a mão”, como Jesus, “que se inclinou para lavar os pés dos Apóstolos”.

O cardeal destacou que o serviço aos últimos é “vital” para a Igreja se quiser ser fiel ao mandato do Senhor. E, por último, recordou o beato João Paulo II de quem mons. Konrad Krajewski “esteve muito próximo durante anos com um afeto filial”, assim como a união entre missão e vida. De fato, referindo-se ao Evangelho proclamado, o cardeal explicou que ilustra bem o sentido que mons. Krajewski quer dar ao seu ministério episcopal, isto é, que compete ao bispo antes servir que dominar, posto que a verdadeira grandeza está, com efeito, em ser pequeno.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bergoglio participa, como um fiel a mais, de uma ordenação episcopal - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV