Frases do dia

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Vandana Shiva: “Temos de destruir o mito de que a tecnologia é uma religião que não pode ser questionada”

    LER MAIS
  • III Jornada Mundial dos Pobres: o papa almoçará com 1500 convidados

    LER MAIS
  • “Em um Brasil deserto de lideranças, Lula vai fazer a festa”, afirma o cientista político Jairo Nicolau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

12 Julho 2013

Grande 11 de julho

“Foi um grande 11 de julho! Um dia de greves, paralisações, atos, protestos! E aqui, no nosso Rio Grande, uma verdadeira greve geral! Pararam os transportes públicos, ônibus e metrôs. Escolas, universidades, repartições públicas, os serviços públicos, municipais, estaduais e federais. Também tivemos a adesão de muitos operários, metalúrgicos e comerciários, assim como bancários e tantos outros trabalhadores. E estudantes, muitos estudantes. Jovens e dispostos a construir o seu próprio futuro!” – Érico Corrêa, presidente do Sindicaixa e dirigente do CSP-Conlutas – Zero Hora, 12-07-2013.

Sem alma

“Protesto de ontem não foi desimportante, mas pareceu mecânico, sem alma, burocrático e artificial” – Vinicius Torres Freire, jornalista – Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Artificial

“Além de um grupo perdido nos ecos já distantes das multidões de junho, os sindicatos pareciam ontem encenar uma peça velha, sem alma, burocrática, uniformizada e artificial, fosse no largo Treze ou na avenida Paulista, entre outras ruas, praças e pontes da cidade” – Vinicius Torres Freire, jornalista – Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Feriado?

“No dia em que quase tudo parou, os sindicalistas e os movimentos sociais foram às ruas em número bem inferior às marchas de junho. Para a maioria da população, o 11 de julho foi um ensolarado feriado. Reflexo da cooptação das duas principais centrais do país, a CUT e a Força Sindical, pelo poder. Ligadas ao PT e PDT, elas estão intimamente relacionadas com os governos em todas as esferas. Nos 10 anos de gestão petista no Planalto, passaram pelo mesmo desgaste enfrentado pelos partidos, perderam força e independência. Também se tornaram alvo da crise de representação” – Carlos Rollsing, jornalista – Zero Hora, 12-07-2013.

Contrassensos

“Não faltaram contrassensos na paralisação. Políticos e partidos que ocupam posições estratégicas desde os anos 1990, como PT e PC do B, foram às ruas gritar palavras de ordem. Estariam protestando contra si mesmos?” – Carlos Rollsing, jornalista – Zero Hora, 12-07-2013.

R$ 50

"Todo mundo vai receber os R$ 50 na Praça da Sé” - Paulo Fernando Gonçalves, 18 anos, desempregado, dizendo que recebeu R$ 50 para agitar uma bandeira da Força Sindical das 9h às 14h na Avenida Paulista – O Estado de S. Paulo, 12-07-2013.

Pagou ou não?

"Não pagamos absolutamente ninguém. Mas não temos controle sobre todos os sindicatos. Algumas pessoas podem ter dado dinheiro para alimentação e transporte dos trabalhadores, porque muitos saíram de madrugada para vir ao ato” - Ricardo Patah, presidente da UGT – O Estado de S. Paulo, 12-07-2013.

Sem alma

“Protesto de ontem não foi desimportante, mas pareceu mecânico, sem alma, burocrático e artificial” – Vinicius Torres Freire, jornalista – Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Artificial

“Além de um grupo perdido nos ecos já distantes das multidões de junho, os sindicatos pareciam ontem encenar uma peça velha, sem alma, burocrática, uniformizada e artificial, fosse no largo Treze ou na avenida Paulista, entre outras ruas, praças e pontes da cidade” – Vinicius Torres Freire, jornalista – Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Sindicato

"Cada sindicalista fala uma coisa. E um fala em cima do outro e um mais alto que o outro. Não tem Sindicato dos Sindicalistas?' - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Paulista

"São Paulo continua assim, juntou mais de dez pessoas, já gritam: "Vamos pra Paulista" - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Situação limite

"Estamos numa situação limite. Não de golpe, mas ou moldamos o sistema para atender as demandas sociais como a qualificação dos serviços públicos ou a democracia pode estagnar e haver retrocessos" - Tarso Genro, governador do Rio Grande do Sul - PT - Correio do Povo, 12-07-2013.

Acupuntura

“Nós, médicos temos de ter a humildade de reconhecer que a acupuntura foi criada antes da Medicina. E que muitas categorias profissionais já executavam essa terapia antes de ela ser reconhecida como uma especialidade médica” – Alexandre Padilha, ministro da Saúde – O Estado de S. Paulo, 12-07-2013.

A grande...

"Além de Michel Temer, a família Sarney também foi tema da conversa entre Dilma e Lula na terça-feira. O petista disse à sucessora que Roseana Sarney é quem mais se queixa de ser maltratada pelo governo" - Vera Magalhães, jornalista - Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

... família

"Além disso, a herdeira do clã Sarney acha que o PT do Maranhão se aliará a Flávio Dino (PC do B), seu adversário político, em 2014" - Vera Magalhães, jornalista - Folha de S. Paulo, 12-07-2013.

Onde está?

“‘Onde Está Lula?’ – eis a pergunta que não quer calar nos quatro cantos do País, não importa a versão de uns e outros sobre as circunstâncias do “desaparecimento” – Tutty Vasques, humorista – O Estado de S. Paulo, 12-07-2013.

Onde cair morto

"Puxadinho em cemitério no Rio é, atualmente, o metro quadrado mais caro do Brasil. Não à toa, já tem carioca comprando túmulo em Goiânia! Embaixo da terra, comenta-se em Ipanema, o Brasil é todo igual" – Tutty Vasques, humorista – O Estado de S. Paulo, 12-07-2013.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frases do dia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV