Bento XVI se despede de cardeais e promete obediência ao novo papa

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Propor vacinação só em março e alcançar no máximo 1/3 da população em 2021 é um crime

    LER MAIS
  • Papa Francisco desafia a esquerda católica

    LER MAIS
  • O cálculo político de Ciro Gomes

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


27 Fevereiro 2013

Bento XVI fez na manhã desta quinta-feira um de seus últimos pronunciamentos ainda como papa. Em encontro com cardeais, ele afirmou que permanecerá os próximos dias em oração para que todos estejam próximos do Espírito Santo na escolha do novo papa. "Que o Colégio dos Cardeais seja como uma orquestra", afirmou após ressaltar que a diversidade deve conduzir à harmonia, em referência à eleição de seu sucessor.

A informação é publicada pelo Jornal do Brasil, 28-02-2013.

Ele prometeu obediência ao religioso que sucedê-lo: "Que o Senhor mostre aquele que Ele deseja", afirmou. "A partir de hoje prometo ao futuro papa minha incondicional reverência e obediência", disse.

Bento XVI também agradeceu o apoio dos cardeais nos oito anos de Pontificado: "Para mim também foi uma alegria estar convosco estes oito anos na luz da presença do Senhor Santificado", disse o religioso. Bento XVI também fez um apelo para que a Igreja Católica permaneça unida.

Os cardeais, representados pelo decano do Colégio Cardinalício, Angelo Sodano, manifestaram sua gratidão a Bento XVI por seus oito anos de pontificado. Sodano disse que Bento XVI foi um 'exemplo'.

Cerca de 100 cardeais participaram do encontro, na Sala Clementina, no Vaticano Eles receberam Bento XVI com aplausos de despedida. Depois, os cardeais se despediram separadamente de Bento XVI.

Uma vez findo o processo da renúncia, começa o da sucessão. No dia 1º de março, já em plena Sé Vacante - o período entre o falecimento ou renúncia de um papa até que seja eleito o sucessor -, o decano do Colégio Cardinalício, o cardeal Angelo Sodano, convocará os cardeais às reuniões preparatórias do Conclave, cuja data será decidida nos próximos dias.

Visto que o dia 1º é sexta-feira, o mais provável é que a primeira congregação de cardeais aconteça no dia 4, na semana seguinte.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bento XVI se despede de cardeais e promete obediência ao novo papa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV