O arcebispo de Los Angeles publica relatórios sobre pedofilia

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “O risco que eu estou correndo é cada vez maior, e a responsabilidade vocês sabem de quem é”, denuncia padre Júlio Lancellotti

    LER MAIS
  • A nova encíclica de Francisco nascida do diálogo com o Islã e do Covid. Artigo de Alberto Melloni

    LER MAIS
  • Padre Julio Lancellotti recebe novas ameaças após ataques virtuais de deputado

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 04 Fevereiro 2013

“Estes documentos são duros e difíceis de serem lidos. O comportamento descrito nestes relatórios é terrivelmente triste e diabólico”, revela o arcebispo de Los Angeles, José Gómez.

A reportagem está publicada no sítio espanhol Religión Digital, 01-02-2013. A tradução é do Cepat.

O arcebispo de Los Angeles, José Gómez, divulgou na noite desta quinta-feira relatórios sobre casos de pedofilia que envolve uma centena de sacerdotes.

Os 124 textos, divulgados na internet da Arquidiocese por uma decisão judicial de 2007, incluem 82 relatórios que contêm informações sobre acusações de pedofilia.

O arcebispo afirmou no sítio que “estes abusos remontam a dezenas de anos atrás. Mas que isto não os torna menos graves”.

“Estes documento são duros e difíceis de serem lidos. O comportamento descrito nestes relatórios é terrivelmente triste e diabólico. Não há desculpas, nem justificativas para o que aconteceu com estas crianças”, acrescentou.

“Os sacerdotes implicados tinham o dever de protegê-las (as crianças), de serem seus pais espirituais e falharam”, acrescentou Gómez, que destacou: “devemos reconhecer hoje que houve terríveis infrações”.

No começo de janeiro, a Justiça ordenou que a Igreja católica de Los Angeles divulgasse a identidade dos altos responsáveis acusados de pedofilia, uma decisão bem recebida pelas vítimas.

O arcebispo se comprometeu a cumprir a ordem da juíza Emilie Elias, que anulou uma decisão anterior do juiz Dickran Tevrizian, em 2011.

Então, Gómez assegurou que a “maioria das informações solicitadas já havia sido divulgada” em 2004 em um “Informe ao Povo de Deus”.

Nos últimos anos, a Igreja se viu envolvida em vários casos de acusações contra supostos padres pedófilos, especialmente nos Estados Unidos, onde um de cada quatro cidadãos se diz católico.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O arcebispo de Los Angeles publica relatórios sobre pedofilia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV