Especialista em Weber, reforçou a identidade cristã do brasileiro

Revista ihu on-line

O Brasil na potência criadora dos negros – O necessário reconhecimento da memória afrodescendente

Edição: 517

Leia mais

Base Nacional Comum Curricular – O futuro da educação brasileira

Edição: 516

Leia mais

Renúncia suprema. O suicídio em debate

Edição: 515

Leia mais

Mais Lidos

  • Mudança de hábito abala gigantes dos alimentos. Procura por comida saudável reduz receita

    LER MAIS
  • Revolução tecnológica exige novo Estado social, escreve professora

    LER MAIS
  • Hikikomori, está crescendo: milhares de jovens em autorreclusão em casa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 09 Junho 2012

“Pierucci era um grande especialista, dentre outros feitos, no crescimento do cristianismo pentecostal brasileiro e na obra do sociólogo Max Weber (1864-1920)”. O comentário é de Luiz Felipe Pondé em artigo na Folha de S.Paulo, 09-06-2012.

Eis o artigo.

Antônio Flavio Pierucci foi um ícone dos estudos científicos da religião entre nós. Estudos esses que ainda carecem de tradição num país que costuma confundir o mundo do "sagrado" com o mundo secular.

Nos seus termos, "sociólogos da religião sem coração" é o que nos falta. Com sua morte ontem, esta falta será ainda maior. Pierucci era um grande especialista, dentre outros feitos, no crescimento do cristianismo pentecostal brasileiro e na obra do sociólogo Max Weber (1864-1920).

Entre suas inúmeras contribuições, podemos apontar sua análise do crescimento estatístico do pentecostalismo brasileiro, visto pelo sociólogo como "mais do mesmo", na medida em que reforça a identidade cristã do Brasil, ao contrário daqueles que gostam de dizer que somos uma nação de diversidade religiosa.

Mas, se por um lado, permanecemos cristãos como sociedade, no âmbito das denominações cristãs e suas "competências de gestão", este crescimento era visto pelo sociólogo como indicativo da maior competência do clero pentecostal na gestão do mercado da fé cristã do que seu concorrente católico.

Para Pierucci, este fato impunha uma demanda mercadológica à Igreja Católica, antes acostumada à ineficiência pré-capitalista.

No campo de seus estudos weberianos acerca da "desmagificação", mais conhecida como "desencantamento", Pierucci aprofundou o entendimento das diferenças entre as ideias de magia e de religião, que para ele não eram a mesma coisa. A primeira seria concreta, pragmática e amoral, a segunda, abstrata, metafísica e moralista.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Especialista em Weber, reforçou a identidade cristã do brasileiro - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV