Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

'Não há muito o que mexer na MP', diz senador

Indicado pelo PMDB, com o apoio do governo, para ser o relator da medida provisória sobre o novo Código Florestal na comissão mista do Congresso Nacional, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) fez elogios à decisão da presidente Dilma Rousseff sobre o tema.

A entrevista é de Eduardo Bresciani e publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 30-05-2012.

Eis a entrevista.

Como foi a conversa com a ministra Izabella Teixeira como de relator da medida provisória?

Quero ressaltar que fui indicado pelo PMDB, mas a posição de relator ainda vai depender de votação na comissão mista. Em relação ao encontro com a ministra, ela exaltou o acordo que nós fizemos aqui no Senado, exaltou termos ouvido o governo e deputados da frente parlamentar da agricultura no sentido de buscar um projeto convergente que obteve apoio de 80% dos senadores.

Deputados ruralistas propõem um maior escalonamento para médios produtores na recomposição de áreas nas margens de rios. O sr. concorda?


Eu não creio nisso. O projeto da Câmara veio com 400 votos estabelecendo os 15 metros de recomposição para todos. Agora, com esse escalonamento começando em 5 metros, não vai ter muito o que mexer.

Os ruralistas reclamam também do artigo 1º, que estabelece princípios. O sr. vai mexer?


O artigo 1.º é mais uma declaração de princípios, ele não tem efeito funcional. Acho que não vale a pena estabelecer polêmica a esse respeito.

Então o texto da MP está bom e deve ser mantido?

Tenho colhido opiniões generalizadas nesse sentido. Pode ter algum ajuste, mas essa questão está muito madura.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"É incrível como se anula a vontade e a existência dos donos da terra que são os indigenas. Eles ..." Em resposta a: Dilma e Aécio não consultam índios e adotam propostas contrárias aos seus direitos
"Realmente uma matéria profunda, reflexo de estudo técnico e científico. A grande corrida(ataque) ..." Em resposta a: A complexa teia hídrica que brota do Cerrado está ameaçada. Entrevista especial com Altair Sales Barbosa
"O sucesso da Dilma está no meio dos pobres. Estou de acordo com foi dito por todos aqueles que sens..." Em resposta a: Empregos, salários e universidades explicam sucesso de Dilma no Nordeste

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes