Religiões por Direitos na Rio+20

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Cardeal: a primeira pergunta que Deus faz não é sobre orientação sexual, mas sobre o cuidado com os pobres

    LER MAIS
  • Cardeal espanhol: ‘O comunismo marxista … renasceu’ no país

    LER MAIS
  • O silêncio dos teólogos. Custódia da comunhão e medo cúmplice

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

21 Maio 2012

A participação de grupos religiosos na Conferência Internacional das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) se dará na união numa coalizão ecumênica e inter-religiosa, com o objetivo de visibilizar a participação de organismos e expressões na Cúpula dos Povos, na Rio+20.

A informação é da Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC), 21-05-2012.

O grupo vai se manifestar através de diversas atividades num espaço chamado "Religiões por Direitos", que integrará o território da Cúpula dos Povos, no Aterro do Flamengo, entre os dias 15 e 22 de junho. O principal esforço do grupo será as expressões religiosas para promover os Direitos Humanos, como direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais.

Essa iniciativa terá inserção em três níveis de convergência na Cúpula dos Povos. A articulação ecumênica nacional do Fórum Ecumênico ACT Brasil, na qual estão reunidos organismos ecumênicos de apoio a projetos de desenvolvimento, igrejas e conselhos de igrejas. O segundo será a cooperação internacional ecumênica oriunda da membresia do Conselho Mundial de Igrejas, ACT Aliança e Aliança de Advocacia Ecumênica. E o terceiro será o grupo inter-religioso do Rio de Janeiro, surgido na ECO 92.

Esses três níveis buscam atuação e colaboração conjunta sob a coordenação de Koinonia - Presença Ecumênica e Serviço, através da qual foi construída uma agenda de eventos, a partir de temas como soberania alimentar, mudanças climáticas, juventude, novos paradigmas de desenvolvimento e povos tradicionais de terreiros.

Essa coalizão visa promover atividades autônomas e compartilhadas num espaço físico comum, organizar e coordenar a promoção das vozes religiosas em atos públicos, passeatas, assembleias e outras mobilizações públicas durante a Cúpula dos Povos.

Também vai acompanhar, compartilhar e conectar as iniciativas ecumênicas e inter-religiosas na Conferência das Nações Unidas e promover conexões, informações e demonstrações de críticas em torno da agenda oficial antes e durante o mês de junho de 2012.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Religiões por Direitos na Rio+20 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV