Frases do dia

Revista ihu on-line

Base Nacional Comum Curricular – O futuro da educação brasileira

Edição: 516

Leia mais

Renúncia suprema. O suicídio em debate

Edição: 515

Leia mais

Lutero e a Reforma – 500 anos depois. Um debate

Edição: 514

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

23 Abril 2012

Vão embora!

"Os americanos disseram ter vindo para nos trazer paz e segurança, mas só trouxeram mais violência. É melhor que vão embora de uma vez para não criar mais problemas e antes que outro soldado mate mais afegãos inocentes como minha mulher, meus filhos, minha mãe..." - Mohammed Wazir, pai da família chacinada, no dia 11 de março, pelos soldados americanos, em Kandahar, Afganistão, em que somente ele e o filho de 4 anos sobreviveram – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Perderam

"Os americanos perderam a guerra! O Taleban não tem tanques, não tem aviões. Apesar disso, eles não foram capazes de vencê-los em dez anos de guerra. Então, voltam sua ira contra nós, os civis. Toda vez que meu filho chora pela mãe e me pergunta onde ela está, só o que eu vejo na minha frente são aqueles corpos. Então, digo a ele apenas que os americanos a levaram” - Mohammed Wazir, pai da família chacinada, no dia 11 de março, pelos soldados americanos, em Kandahar, Afganistão, em que somente ele e o filho de 4 anos sobreviveram – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Deus

“Eu só confio mesmo em Deus. E só em Deus. E deixe que ele opere a revanche" - Mohammed Wazir, pai da família chacinada, no dia 11 de março, pelos soldados americanos, em Kandahar, Afganistão, em que somente ele e o filho de 4 anos sobreviveram – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Esvaziada

“Criada em 1924, 30 anos antes da Petrobras, a YPF argentina foi pioneira na América Latina. Privatizada, foi simplesmente “esvaziada” pelos donos espanhóis, que (quase sem reinvestir em 14 anos) enviaram à Espanha mais de US$ 22 bilhões. Em 2010, os lucros chegaram a 225%, por exemplo, mas a presidente Cristina continuou a elogiar a gestão da empresa, onde os representantes do governo nada reclamaram” – Flávio Tavares, jornalista – Zero Hora, 22-04-2012.

Fronteiras

“O comando do PSDB chamou o governador Marconi Perillo (GO) para uma conversa nesta semana. Querem saber exatamente o grau de ligação do tucano com a Delta e o esquema de Cachoeira. O partido teme, ainda, que os tentáculos do esquema atinjam o governo de Simão Jatene (PSDB-PA)” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 23-04-2012.

Vinho ruim

“Estão transformando a Rio+20 no vinho ruim oferecido no final da festa” – Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, no lançamento do manifesto Rio mais ou menos 20?, para “salvar” a conferência ambiental das Nações Unidas marcada para junho – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Na mão

“Se eu botar R$ 30 milhões na mão de políticos, sou convidado para coisa pra c...” – Fernando Cavendish, sócio da construtora Delta, sobre a facilidade de comprar licitações, durante conversa – em “tom de bravata”, alegaria depois – grampeada pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Caçada

"O problema da nossa família é a corrupção. Mas a polícia só quer caçar a gente. Os políticos vão ficar soltos?" – Marquinhos, irmão de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, contraventor preso por suspeita de chefiar a máfia do caça-níqueis no Centro-Oeste e controlar uma rede criminosa com ligações com governadores, senadores, prefeitos, juízes, desembargadores, delegados e até padres – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

R$ 1 bi

“A três amigos, ele (Marquinhos, irmão de Carlinhos Cachoeira) contabilizou que o irmão poderia ter repassado R$ 1 bilhão para os "políticos" nestes últimos anos” – O Estado de S. Paulo, 22-04-2012.

Generosos

“Só neste mês foram publicados dois importantes livros, "The Righteous Mind", de Jonathan Haidt, e "The Social Conquest of Earth", de E. O. Wilson, que afirmam, com todas as letras, que a seleção de grupo foi fundamental para moldar a evolução humana. Se isso é verdade, estamos livres para ser genuinamente generosos” – Hélio Schwartsman, jornalista – Folha  de S. Paulo, 22-04-2012.

Tradutores

“A oposição entre corpo e alma não existia em tempos bíblicos, ou pelo menos na linguagem bíblica. Mas a versão em latim antigo das Escrituras que Santo Agostinho lia usava “anima” para traduzir “nefesh”, que em hebraico não quer dizer alma, mas algo como sopro vital, ser, uma forma exaltada do “eu”. E foi nesse engano que tudo começou. A alma e o corpo se separaram e nunca mais se encontraram. E nunca mais se pode ler o Velho Testamento a não ser como Agostinho o lia, não como um relato da aventura do corpo humano no mundo como Deus o fez, cheio de som, fúria, sangue e sacanagem, mas como uma alegoria espiritual, em que até os cantares eróticos de Salomão queriam dizer outra coisa: a luta da alma para transcender o corpo, que para Agostinho significava a sexualidade. Tudo culpa de um mau tradutor” – Luís Fernando Verissimo, escritor – Zero Hora, 23-04-2012.

Tradutores 2


“Freud tentou, de certa maneira, retransformar “anima” em “nefesh”, mas como muito do que ele escreveu em alemão também foi mal traduzido em outras línguas, a confusão só aumentou. No fim, a grande danação sob a qual vive a humanidade não é a da História nem a da carne, é a insanável danação de Babel. Deus disse “que haja muitas línguas, e que cada língua tenha muitos dialetos”. E depois, para ter certeza que os homens nunca mais se entenderiam, completou: “E que haja tradutores” – Luís Fernando Verissimo, escritor – Zero Hora, 23-04-2012.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frases do dia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV