Vaticano envia visitador para resolver o conflito da Universidade do Peru

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Bolsonaro institui o Dia do Rodeio na Festa de São Francisco de Assis

    LER MAIS
  • “O transumanismo acredita que o ser humano está em um suporte equivocado”, afirma filósofo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Setembro 2011

A Universidade Católica programou para esta sexta-feira uma sessão da sua Assembleia Universitária para expressar a sua posição sobre o pedido do Vaticano.

A reportagem é do sítio Religión Digital, 23-09-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O Arcebispado de Lima informou nesta quinta-feira que o Vaticano enviará um cardeal como "visitador apostólico" para a Universidade Católica do Peru (PUCP) para encontrar uma solução para um conflito entre essa instituição de estudos e o cardeal peruano Juan Luis Cipriani.

O Vaticano comunicou o arcebispo Cipriani, em sua qualidade de Grão-Chanceler da PUCP, que enviará "um cardeal como visitador apostólico para colaborar na solução gerada pelas correções propostas (pela Santa Sé) aos estatutos dessa universidade", assinalou um comunicado do arcebispado.

"Desejamos que essa decisão pontifícia muito importante permita levar essa delicada situação por caminhos de prudência na tomada de decisões, que ajudem a encontrar uma boa solução ao impasse surgido", acrescentou o documento.

A Universidade Católica, considerada como progressista e uma das principais do país, e Cipriani, um prelado ultraconservador do Opus Dei e líder visível da ala direita da Igreja peruana, mantêm uma longa luta pelo controle do centro de estudos que, inclusive, ocorre nos tribunais.

Em agosto do ano passado o Vaticano propôs à PUCP várias medidas para modificar os seus estatutos, entre elas que o Grão-Chanceler (cargo ocupado pelo arcebispo de Lima) tenha o poder de nomear o reitor, depois de receber três propostas da Assembleia Universitária.

As medidas foram imediatamente rejeitadas pela Assembleia Universitária da PUCP – que reúne professores, estudantes e trabalhadores – e pelo seu reitor, Marcial Rubio, que salientaram que o ocupante desse posto é eleito unicamente por essa Assembleia, como estabelecem as leis peruanas.

Rubio acusou o cardeal de querer assumir o controle econômico dos bens e das decisões da universidade com essas reformas.

A Universidade Católica programou para esta sexta-feira uma sessão de sua Assembleia Universitária para expressar a sua posição sobre o pedido do Vaticano.

A Conferência Episcopal Peruana pediu que as autoridades universitárias adaptem seus estatutos para que cumpram os requisitos da Santa Sé.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano envia visitador para resolver o conflito da Universidade do Peru - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV