Vaticano corteja e mima blogueiros de todo o mundo

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • 23 razões para participar da Greve Climática desta sexta-feira

    LER MAIS
  • Às leitoras e aos leitores

    LER MAIS
  • Cisma: uma noção que mudou ao longo dos séculos. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

04 Maio 2011

A Igreja Católica se interessa e muito pelo ciberespaço. A Rede tornou-se um poderoso instrumento de comunicação e, sobretudo, uma imponente plataforma de cultura. E o Vaticano não quer ficar de fora desse fenômeno e, por isso, organizou um encontro de mais de 200 blogueiros de todo o mundo em Roma, ao qual o Religión Digital foi convidado. Um primeiro contato entre a blogosfera e o Vaticano, no qual a Igreja manifestou a sua vontade de ouvir, e os blogueiros pediram maior transparência e rapidez no fluxo informativo romano.

A reportagem é de José Manuel Vidal, publicada no sítio Religión Digital, 03-05-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Estava previsto que as boas-vindas fossem dadas pelo cardeal Ravasi, prefeito da Cultura, mas ele não pôde comparecer e, em seu lugar, atuou como anfitrião o presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, Claudio Maria Celli. Após das as boas-vindas "com simpatia", o curial romano assegurou que o encontro era "um claro reconhecimento da importância da blogosfera, um universo variado, rico e poliédrico que nasce da base e que incide na cultura atual".

E, depois de convidar a um "diálogo respeitoso", Dom Celli, que cumprimentou um por um a todos os blogueiros presentes na sala antes de a sessão começar, apostou em "promover e incrementar a relação" entre os blogueiros e o Vaticano .

Na sala lotada, respirava-se um clima de companheirismo e de experiência compartilhada entre os blogueiros. Quase todos com seus laptops, dispostos a dar conta (e dar conta instantaneamente através do Twitter e das demais redes sociais) do encontro.

Após os cumprimentos de boas-vindas, passou-se à apresentação do primeiro painel. Um painel de blogueiros de diversos âmbitos linguísticos, que contaram suas experiências e dirigiram suas interrogações aos representantes vaticanos, em uma espécie de diálogo presencial e online.

Moderado por Rocco Palmo, o blogueiro norte-americano mais visitado do mundo em seu blog Whispers in the Logia, intervieram o blogueiro francês François Jeanne-Beylot, autor de fjb.blogs.com, o italiano Mattia Marasco, autor de www.mattiamarasco.it, a norte-americana Elizabeth Scalia, religiosa oblata beneditina, autora The Anchoress, o sacerdote holandês Pe. Roderick Vonhögen, administrador do portal sqpn.com, e Andrés Beltramo, o blogueiro de Sacro y Profano, que convidou os presentes a "não ter medo de entrar nos debates informativos eclesiais".

Para o blogueiro francês, que faz o seu blog para "transmitir as suas ideias católicas e suas mensagens de fé", a Rede "é o reino do que grita mais forte" e convidou os católicos a se fazerem cada vez mais presentes na Rede para "gritar mais forte entre todos". Assegurou ainda que, hoje em dia, "Cristo não pregaria de um barco, mas de um blog ou do Twiter".

Em geral, enquanto alguns blogueiros pediam insistentemente uma maior rapidez nas comunicações eclesiásticas, outros apostavam em uma interação comunicativa mais séria e tranquila, longe do fast food comunicativo atual.

Após um curto diálogo e troca de perguntas e respostas, começou o segundo painel, o do Vaticano. Com Federico Lombardi, porta-voz da Santa Sé, Lucio Ruiz, chefe do site do Vaticano, o padre da diocese de Pádua, Marco Saviano, Eva Janosikovana, organizadora da JMJ, e o responsável pela nova página eletrônica que o Vaticano irá lançar em breve, Thaddeus Jones. Todos eles moderado pelo jesuíta Antonio Spadaro, autor Cyberteologia.it, que assegurou que "a Igreja precisa ouvir as pessoas e, para isso, nada melhor do que incrementar a relação entre o Vaticano e a blogosfera".

Entre a maior novidade do encontro estava talvez a apresentação do projeto do novo site que o Vaticano irá lançar. Uma página mais moderna e atraente, em que todas as informações dos dicastérios e dos diversos órgão de comunicação da Santa Sé estarão centralizadas. Será um novo site (para se chamará News.va) e será adicionado à página institucional atual.

"Os blogueiros são muito importantes"

Federico Lombardi, que esteve presente desde o início do encontro, anotando atentamente o que os blogueiros diziam, subiu ao palco com sua simplicidade e humildade naturais. O máximo responsável pela comunicação da Santa Sé, começou confessando que Bento XVI não tem blog nem usa o Twitter, mas "está muito interessado, disponível e aberto a qualquer possibilidade de comunicação, inclusive através da Rede".

Lombardi assegurou de início que "os blogueiros são muito importantes para a Igreja e a sociedade", porque contribuem para desenvolver a "dimensão da opinião pública na Igreja", que Pio XII já postulava. O jesuíta apostou na interatividade na Web e confessou que, no Vaticano, estão muito atentos a tudo o que é publicado na Internet. Tanto que o próprio Lombardi recebe todos os dias um relatório de um especialista sobre o que está acontecendo na Rede e na blogosfera.

Por sua vez, o chefe do site do Vaticano, Lucio Ruiz, distinguiu entre a comunicação institucional do Papa, que deve ser mantida em seus parâmetros atuais e universais, e a comunicação dos demais dicastérios romanos, que pode se dar ao luxo de ser menos formal.

Após responder algumas dúvidas e perguntas, o subsecretário do Conselho Pontifício para a Cultura, Melchor Sánchez de Toca, encerrou a sessão. "Tratava-se de convidar para conversar, e o encontro foi uma agradável surpresa, que superou nossas expectativas mais otimistas", confessou.

O curial espanhol agradeceu a todos em nome do cardeal Ravasi e assegurou que a blogosfera "não só é um instrumento de comunicação, mas sim uma cultura que a Igreja quer evangelizar, compreender, ouvir e com a qual quer entrar em diálogo". Este foi um primeiro passo. Pode haver outros. Seria justo, necessário e conveniente.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano corteja e mima blogueiros de todo o mundo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV