Um cristão morto e cinco feridos após um ataque no Egito

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • As duras palavras de Francisco à Igreja: as murmurações abafam a profecia

    LER MAIS
  • Uma espiritualidade do viver

    LER MAIS
  • Crise alimentar mundial: “Estamos à beira de uma pandemia de fome”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


11 Janeiro 2011

Pelo menos um cristão morreu e outros cinco ficaram feridos devido a supostos disparos de um policial em um trem que viajava de Assiut, no sul do Egito, ao Cairo. O agente supostamente atirou contra os passageiros após subir no trem na estação de Samalut, a cerca de 250 quilômetros ao sul da capital.

A reportagem é do sítio Religión Digital, 11-01-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Os feridos, dois dos quais se encontram em estado grave, foram transferidos ao hospital geral de Al Minia, perto de Samalut.

As autoridades não confirmaram que exista uma motivação religiosa nesse ataque, que ocorre menos de duas semanas depois de um atentado contra uma igreja em que morreram 23 pessoas.

Esse ataque de Alexandria, cuja autoria ainda não foi atribuída a nenhum grupo, mas que levava a marca do grupo terrorista Al Qaeda, desencadeou uma onda de reações dentro e fora do país, que pede que os cristãos e a liberdade religiosa sejam protegidos.

Nesse cenário, foi feito o pedido do Papa Bento XVI para que os governos dos países predominantemente muçulmanos façam mais esforços para proteger as minorias cristãs que neles residem. Um chamado que motivou a convocação por parte do Cairo do seu embaixador junto ao Vaticano.

Em novembro passado, a Al Qaeda ameaçou os coptas (cristãos egípcios) pelo caso de duas supostas muçulmanas convertidas no Egito, após o ataque do último dia 31 de outubro contra uma igreja siro-católica em Bagdá, que matou 58 pessoas.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Um cristão morto e cinco feridos após um ataque no Egito - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV