Prefeito de Porto Alegre pede Exército para julgamento de Lula

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Francisco e as uniões homossexuais

    LER MAIS
  • “A dignidade é a resposta popular ao cinismo aberto dos que estão no poder”. Entrevista com Slavoj Žižek

    LER MAIS
  • Dom Paulo Cezar Costa, novo Arcebispo de Brasília. Nota da Comissão Justiça e Paz de Brasília

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Janeiro 2018

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr. (PSDB), fez um pedido, diretamente ao presidente Michel Temer (PMDB-SP), no mínimo atípico: a presença do Exército e da Força Nacional de Segurança na capital gaúcha no dia do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), marcado para 24 de janeiro.

A reportagem é publicada por CartaCapital, 04-01-2018.

No pedido, feito por escrito na quarta-feira 3, Marchezan afirma que há "iminente perigo à ordem pública e à integridade dos cidadãos" de Porto Alegre, bem como risco de uma "invasão". Sem citar nomes, ele também disse que há "luta propugnadas nas redes sociais por alguns políticos, inclusive senadores".

Ver imagem no Twitter

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Prefeito de Porto Alegre pede Exército para julgamento de Lula - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV