Maristas: 200 anos a caminho “para um Novo Começo”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Um gargarejo nos salvará? Enxaguar a boca e o nariz por 30 segundos com produtos de uso comum reduz muito a carga viral

    LER MAIS
  • Nós precisamos repensar radicalmente a forma como vivemos e trabalhamos

    LER MAIS
  • As duas faces perversas da informalidade: sobretrabalho e intermitência

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Janeiro 2017

Milhares de irmãos e leigos maristas em todo o mundo estão celebrando o bicentenário da fundação do seu instituto em 02 de janeiro. No dia 02 de janeiro de 1817, São Marcelino Champagnat fundou, em La Valla (França), o instituto com o nome de ‘Pequenos Irmãos de Maria’ com o objetivo de educar e evangelizar os jovens, especialmente os mais necessitados.

A reportagem é publicada por Religión Digital, 02-01-2017. A tradução é de André Langer.

O Vaticano o aprovou em 1863 como instituto autônomo e de direito pontifício. Respeitando o nome de origem, deu-lhes o de ‘Fratres Maristae a Scholis’ (Irmãos Maristas das Escolas). Atualmente, há 3.080 Irmãos Maristas divididos em 27 unidades administrativas, presentes em 81 países. Junto com 72 mil leigos, educam cerca de 654 mil crianças e jovens.

Em sua mensagem de vídeo para os maristas de Champagnat, o superior geral, Ir. Emili Turú, destacou três palavras: ação de graças, perdão, compromisso. São três atitudes básicas para a conversão pessoal e institucional que possibilitem um novo começo.

Em seu vídeo, o superior se desculpa pelas vezes em que os Irmãos não puderam proteger as crianças e enfatizou seu compromisso de salvaguardar os jovens, especialmente os que se encontram em situações de pobreza ou vulnerabilidade.

Os maristas de Champagnat vêm preparando este acontecimento histórico há três anos fazendo o caminho para um Novo Começo. Em 2017, em nível internacional, o Conselho Geral do Instituto celebra este acontecimento em três datas diferentes:

* No dia 02 de janeiro, data que vincula com o passado, o Conselho Geral o celebrará em diferentes partes do mundo marista, para ressaltar a internacionalidade do instituto: em La Valla – lugar da fundação (França), em Nairóbi (Quênia), em Luján (Argentina) e em Roma. O irmão Emili Turú, superior geral, estará em Bangladesh, onde participará da inauguração de uma escola para os filhos dos trabalhadores das plantações de chá.

* No dia 06 de junho, haverá uma celebração em Roma, para ressaltar a presença marista na comunidade eclesial. Nesse dia serão apresentados os três volumes da História do Instituto e será inaugurada uma exposição fotográfica sobre a missão marista hoje.

* No dia 08 de setembro, celebrar-se-á em Rionegro, Colômbia, por ocasião da abertura do Capítulo Geral e com a representação de todas as Unidades Administrativas do mundo marista. Será um momento especial de ação de graças, de pedido de perdão e, sobretudo, de compromisso com o futuro.

Os maristas também comemorarão o bicentenário ao longo de 2017, utilizando o hashtag #MillionMarists nas redes sociais com o objetivo de unir-se durante este ano em todo o mundo.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Maristas: 200 anos a caminho “para um Novo Começo” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV