Francisco: “A vida religiosa é para a Igreja sua coluna vertebral, a quilha de um navio”

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispo brasileiro diz que ordenará mulheres ao diaconato se papa permitir

    LER MAIS
  • “A ética do cuidado é um contrapeso ao neoliberalismo”. Entrevista com Helen Kohlen

    LER MAIS
  • Irmã Dulce, símbolo de um Brasil que está se esquecendo dos pobres. Artigo de Juan Arias

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

10 Junho 2013

Foto: Religión Digital

“É um gesto único, entre iguais.” Assim resume o Ignácio Etges, irmão marista e presidente da Conferência Latino-Americana e Caribenha de Religiosos e Religiosas - CLAR - que durante anos viveu estigmatizada por acusações de proximidade com a Teologia da Libertação e “rebeldia”, e cuja diretoria foi recebida sexta-feira, 07-06-2013, pelo Papa Francisco, que se sentou com eles “em roda” durante mais de uma hora e aos quais animou a aprofundar-se “na mística e na profecia”, a não deixar de lado os pobres e continuar sendo “a coluna vertebral da Igreja“.

A informação é de Jesus Bastante e publicada por Religión Digital, 09-06-2013.

Citando o Cardeal Pironio,  (cardeal argentino, por longos anos, depois que teve que sair do seu País governada por militares, presidiu a Congregação para a Vida Consagrada) em processo de beatificação, Bergoglio disse à diretoria da CLAR que “a vida religiosa é para a Igreja como a quina de um navio’, a coluna vertebral do barco, a que abre caminhos, a que une todos os seus membros.

Durante mais de sessenta minutos religiosos e Papa debateram sobre a vida religiosa na América Latina, o presente e o futuro das congregações religiosas e seu papel de anúncio e denúncia em meio de um mundo globalizado.

Papa Francisco com a diretoria da CLAR.

Foto: Religón Digital

 

 

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Francisco: “A vida religiosa é para a Igreja sua coluna vertebral, a quilha de um navio” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV