Quinta-Feira Santa: Papa Francisco celebra missa na casa do cardeal Becciu

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Abril 2021

O Papa Francisco, às 17h30 dessa quinta-feira, celebrou a Missa in Coena Domini na casa do cardeal Angelo Becciu, na capela privada dentro do edifício do antigo Santo Ofício, enquanto, em São Pedro, confiou a celebração da Quinta-Feira Santa, às 18h, ao decano do Colégio Cardinalício, Giovanni Battista Re. Um gesto clamoroso, no início do Tríduo Pascal, ainda mais que o próprio Francisco disse a Becciu que poderia tornar isso público.

A informação é publicada pelos jornais italianos como Corriere della Sera, Republica, 01-04-2021. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Passaram-se apenas seis meses desde que o papa, no dia 24 de setembro, impôs ao então prefeito da Congregação para as Causas dos Santos a renúncia à frente do dicastério e, sobretudo, aos “direitos e às prerrogativas do cardinalato”: eleger o pontífice em um conclave, “colaborar” com o papa e assim por diante, um título esvaziado, uma decisão grave, com pouquíssimos precedentes.

E tudo isso devido ao caso dos investimentos da Secretaria de Estado, começando pelo prédio londrino da Sloan Avenue, nos anos em que Becciu era o sostituto e, portanto, número dois, com o poder de dispor dos fundos reservados.

Enquanto isso, há poucos dias, um juiz inglês que está tratando do mesmo caso desmontou partes importantes da reconstrução feita pelos magistrados vaticanos, investigação com base na qual o papa decidira intervir contra Becciu, que, aliás, sempre defendeu a sua própria inocência: “Espero que o Santo Padre entenda que se trata de um equívoco”.

Segundo o jornal Repubblica, 01-04-2021, todos os anos, na quinta-feira santa, o Papa foi almoçar com padres da diocese de Roma. O almoço era organizado por Becciu. Neste ano ele decidiu manter a tradição celebrando a missa.

Segundo fontes próximas de Becciu, ele mantém uma vida reclusa no seu apartamento, encontrando poucas pessoas e sem falar com a imprensa. A visita de hoje é um atestado de amizade importante por parte do Papa e, sem dúvida, motivo de conforto para Becciu.

Leia mais

 

 

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Quinta-Feira Santa: Papa Francisco celebra missa na casa do cardeal Becciu - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV