Madre Chantal: “A alegria do Senhor é a nossa força”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Basta de má informação nos chamados meios católicos de comunicação

    LER MAIS
  • “O conteúdo e o sentido do trabalho são exigências de justiça social”. Entrevista com Alain Supiot

    LER MAIS
  • Nasce a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, “um Encontro do Povo de Deus”, segundo o Papa Francisco

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


04 Setembro 2020

Madre Chantal. (Foto: Mosteiro do Encontro)

Com pesar informamos o falecimento na manhã de hoje, 3 de setembro, da Madre Chantal Modoux, da Congregação das Monjas Beneditinas da Rainha dos Apóstolos, fundadora do Mosteiro do Encontro localizado em Mandirituba.

A informação é publicada por Arquidiocese de Curitiba, 03-09-2020. 

Madre Chantal tinha 101 anos de idade. Fundou o Mosteiro em 1964 em Curitiba, no bairro Pinheirinho.

Com o desenvolvimento da região optaram por buscar um local menos movimentado e em 1999 o Mosteiro foi transferido para o município de Mandirituba, estando desde 2007 pertencente à Diocese de São José dos Pinhais. “Na nossa vida monástica, para nós tudo é Encontro. Tudo é experiência de Deus no cotidiano” – Madre Chantal (texto de apresentação do Mosteiro).

A missa e sepultamento serão pela manhã desta sexta-feira no local. Não são abertos para visitantes.

 

Vista do Mosteiro do Encontro (Foto: Prefeitura de Mandirituba)

 

Eis a mensagem das Irmãs do Mosteiro do Encontro

 

Queridos irmãos na vida monástica e amigos,

Nesta festa do Papa São Gregório Magno, nossa muito amada Madre Maria Chantal Modoux, nossa fundadora, serva das servas de Deus penetrou na alegria do seu Senhor aos 101 anos de idade rodeada por todas as irmãs. O seu lema de vida era ” a alegria do Senhor é a nossa força” . Amou até o fim. Sua última palavra foi: “obrigada”.

Ela apagou-se serenamente como uma “sentinela” gasta e doada em serviço. Sua capacidade de amar era como um imã construtor de unidade e da grande rede de amigos do mosteiro.

Por causa da Pandemia a missa de corpo presente e o funeral, terão só a presença da comunidade. A Madre repousará ao lado de irmã Anne. Com nossas duas fundadoras no chão de nosso mosteiro, estamos verdadeiramente inseridas na Igreja local. Contamos com vossas orações.

Que a luz perpétua a ilumine!

 

Vista externa frontal do Mosteiro do Encontro (Foto: Reprodução Tripadvisor)

 

Nota:

1. Para saber mais sobre a vida de Madre Chantal e o Mosteiro do Encontro, clique aqui. (A nota é do Instituto Humanitas Unisinos – IHU).

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Madre Chantal: “A alegria do Senhor é a nossa força” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV