Mudanças climáticas: inundações costeiras podem ameaçar até 20% do PIB global

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • O Sínodo Mundial é uma preparação para um futuro Concílio, afirma arcebispo de Praga

    LER MAIS
  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Agosto 2020

Eventos de inundação costeira podem ameaçar ativos no valor de até 20% do PIB global até 2100, sugere um estudo da Scientific Reports.

A reportagem é publicada por Scientific Reports e reproduzida por  EcoDebate, 03-08-2020. A tradução e edição são de Henrique Cortez.

As áreas previstas para serem mais impactadas pelas inundações são o noroeste da Europa, sudeste e leste da Ásia, nordeste dos EUA e norte da Austrália, segundo os autores.

Ebru Kirezci e colegas combinaram dados sobre o nível global do mar durante tempestades extremas com projeções do aumento do nível do mar em diferentes cenários de emissão de gases de efeito estufa. Os autores usaram esses dados para modelar os níveis máximos do mar que podem ocorrer até 2100. Os pesquisadores combinaram seu modelo com dados topográficos para identificar áreas em risco de inundação costeira. Usando dados sobre a distribuição da população global e o PIB nas áreas afetadas, eles estimaram a população e os ativos em risco de inundações.

Sob condições de altas emissões de gases de efeito estufa e assumindo que não há defesa contra inundações, os autores estimam que as terras afetadas pelas inundações costeiras possam aumentar em 48% até 2100. As áreas que podem estar em risco de inundações extensas incluem o sudeste da China, os Territórios do Norte da Austrália, Bangladesh, Bengala Ocidental e Gujurat, na Índia, Estados da Carolina do Norte, Virgínia e Maryland dos EUA e noroeste da Europa, incluindo Reino Unido, norte da França e norte da Alemanha.

Os autores sugerem que a população global exposta a inundações costeiras pode chegar a 287 milhões em 2100 (4,1% da população mundial) e que os ativos ameaçados por inundações podem valer até US $ 14,2 trilhões (20% do PIB global).

Os resultados indicam que, sem investimento em defesas contra inundações ou redução nas emissões de gases de efeito estufa, as inundações costeiras podem ter implicações importantes para a população e a economia globais até o final do século.

Referência:

Kirezci, E., Young, I.R., Ranasinghe, R. et al. Projections of global-scale extreme sea levels and resulting episodic coastal flooding over the 21st Century. Sci Rep 10, 11629 (2020). Disponível aqui.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mudanças climáticas: inundações costeiras podem ameaçar até 20% do PIB global - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV