Mundo precisa de saúde e alimentação, não de armas, destacam islamitas e luteranos

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • O Sínodo Mundial é uma preparação para um futuro Concílio, afirma arcebispo de Praga

    LER MAIS
  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


13 Mai 2020

Guerra e violência não são soluções para os desafios que o mundo enfrenta, ainda mais nesse período de pandemia do coronavírus, afirmam em nota conjunta a Federação Luterana Mundial (FLM) e a Islamic Relief, pedindo o cancelamento dos conflitos armados em andamento no Afeganistão, Iêmen, Síria, Territórios Palestinos Ocupados, República Democrática do Congo, Sudão do Sul, República Centro-Africana, Mianmar, Camarões e Colômbia

A reportagem é de Edelberto Behs, jornalista.

“O conflito armado e violento continuado restringe severamente os esforços de organizações locais, nacionais e internacionais na proteção de refugiad@s, pessoas deslocadas, mulheres, crianças, idos@s e outros grupos vulneráveis à propagação do vírus”, frisam as duas organizações religiosas envolvidas em assistência humanitária numa declaração conjunta emitida na segunda-feira, 11 de maio. 

Pedem, por isso, que as partes beligerantes deponham as armas e acordem um cessar-fogo imediato, garantindo, assim, o acesso humanitário de proteção às pessoas da pandemia do covid-19

O secretário-geral da FLM, pastor Martin Junge, destacou, para o serviço de imprensa do Conselho Mundial de Igrejas, que a paz não pode esperar e o mundo precisa se unir para responder ao coronavírus. “As pessoas precisam de serviços de saúde, proteção, comida, mas não de armas”, disse, conclamando cidad@os de boa vontade do mundo a se juntarem à FLM e à Islamic Relief no esforço de salvar vidas

A organização Islamic Relief é uma agência de ajuda humanitária e de desenvolvimento presente em mais de 30 países, independente de raça, afiliação política, gênero e crença religiosa. Ela foi fundada em 1984 e tem sede em Birmingham, no Reino Unido. A FLM é uma comunhão de 148 igrejas presente em 99 países, representando 75 milhões de pessoas de tradição luterana.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mundo precisa de saúde e alimentação, não de armas, destacam islamitas e luteranos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV