Palestina. A Assembleia dos Ordinários Católicos responde ao Plano "Peace-to-Prosperity" e convida à oração todas as Igrejas cristãs do mundo

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • O Sínodo Mundial é uma preparação para um futuro Concílio, afirma arcebispo de Praga

    LER MAIS
  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


30 Janeiro 2020

A Assembleia dos Ordinários Católicos da Terra Santa emitiu comunicado onde convida a todas as igrejas a rezar pelo fim do conflito entre Palestina e Israel. A tradução é de Luisa Rabolini.

Eis o comunicado.

Comunicado sobre o Plano dos Estados Unidos "Peace-to-Prosperity"

O conflito israelense-palestino há décadas tem estado no centro de muitas iniciativas de paz e propostas de solução.

Como mencionado várias vezes no passado, pensamos que nenhuma proposta e nenhuma perspectiva séria podem ser alcançadas sem o acordo dos dois povos, israelense e palestino. Essas propostas devem basear-se na igualdade dos direitos e na dignidade.

O plano "Peace-to-Prosperity" apresentado ontem não contém tais condições. Não dá dignidade e direitos aos palestinos. Deve ser considerado uma iniciativa unilateral, pois contempla quase todos os pedidos de uma parte, a israelense e sua agenda política. Por outro lado, esse plano não leva realmente em consideração as justas exigências do povo palestino por sua terra de origem, seus direitos e uma vida com dignidade.

Esse plano não trará nenhuma solução, mas, pelo contrário, criará mais tensões e provavelmente mais violência e derramamento de sangue.

Esperamos que os acordos anteriores assinados entre os dois lados sejam respeitados e melhorados com base na completa igualdade entre os povos.

Convidamos todas as Igrejas do mundo a orar pela Terra Santa, a trabalhar pela justiça e a paz e a ser a voz dos que não têm voz.

"O fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz" (Tiago 3, 18)

 

Assembleia dos Ordinários Católicos da Terra Santa

Jerusalém, 29 de janeiro de 2020

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Palestina. A Assembleia dos Ordinários Católicos responde ao Plano "Peace-to-Prosperity" e convida à oração todas as Igrejas cristãs do mundo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV