Desvendar as complicadas relações entre as pessoas e a natureza para um futuro sustentável

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Onde estava Deus?” Por que Auschwitz é o símbolo do mal

    LER MAIS
  • Brasil vive pior cenário para indígenas desde a redemocratização, diz antropólogo em Paris

    LER MAIS
  • A Companhia e os jesuítas, do Vaticano II ao Papa Bergoglio

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Junho 2019

As pessoas e a natureza dependem umas das outras de maneiras complexas.

A informação é de ARC Centre of Excellence for Coral Reef Studies, reproduzida por EcoDebate, 25-06-2019. A tradução e a edição são de Henrique Cortez.

Um grupo internacional de cientistas está fazendo grandes avanços para sustentar os ambientes do mundo, desemaranhando as formas intricadas pelas quais as pessoas e a natureza dependem umas das outras.

Os resultados são publicados na Nature Sustainability de hoje e incluem contribuições de uma equipe de cientistas do ARC Centre of Excellence for Coral Reef Studies (Coral CoE).

Com grandes crises, como extinções e degradação ambiental agora em cima de nós, o momento do estudo é crucial.

“Os problemas ambientais são confusos”, disse Michele Barnes, da Coral CoE. “Eles geralmente envolvem múltiplos recursos interconectados e muitas pessoas diferentes – cada uma com sua própria relação com a natureza”.

O documento, liderado pelo Dr. Örjan Bodin, da Universidade de Estocolmo, propõe vários avanços para uma ‘abordagem de rede’ que pode analisar melhor e ajudar a resolver esses problemas, identificando as relações-chave entre as pessoas e a natureza que as sustentam.

“A pesquisa tradicionalmente apenas mediu e descreveu problemas”, disse Bodin.

“Estamos avançando um método que pode ir além disso, para encontrar novas soluções para os desafios ambientais”, disse ele.

O professor Graeme Cumming, da Coral CoE, disse que aspectos sociais, econômicos e ecológicos precisam ser considerados para governar e gerenciar ecossistemas sustentáveis.

“Esses elementos geralmente interagem de formas complexas e são mutuamente dependentes”, disse Prof Cumming. “Um mundo em rápida mudança significa que essas interdependências só aumentarão em todas as escalas – do local ao global”.

Por exemplo, a introdução de políticas de conservação florestal em um país rico leva a um aumento no fornecimento de produtos de madeira de um país menos desenvolvido – levando ao desflorestamento lá.

“Identificar as deficiências dessas relações de natureza humana é uma tarefa relativamente fácil. Possíveis soluções não são”, disse Barnes.

“Este artigo abre um caminho para futuros estudos para melhor abordar estas questões, com diretrizes de design de pesquisa para ajudar os pesquisadores a ir além dos estudos de caso individuais.”

Referência:
Bodin Ö, Alexander S, Baggio J, Barnes M, Berardo R, Cumming G, Dee L, Fischer A, Fischer M, Mancilla-Garcia M, Guerrero A, Hileman J, Ingold K, Matous P, Morrison T, Nohrstedt D, Pittman J, Robins G, and Sayles J (2019). Nature Sustainability. ‘Improving network approaches to the study of complex social-ecological interdependencies‘. DOI: 10.1038/s41893-019-0308-0

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desvendar as complicadas relações entre as pessoas e a natureza para um futuro sustentável - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV