Idosos suicidas

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispos latino-americanos levantam a voz pela Amazônia

    LER MAIS
  • Bolsonaro pode ser responsabilizado por crime contra humanidade

    LER MAIS
  • Enquanto Amazônia arde, governistas e ruralistas aprovam mais incentivos à devastação no Senado

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Abril 2019

Casas de repouso, centros de conveniência e lares para idosos devem ser locais seguros, supervisionados e com profissionais que prestem atenção à saúde física e mental dos residentes. Mas, após um trabalho de seis meses, jornalistas do Kaiser Health News e da PBS NewsHour concluíram que, nos EUA, centenas de idosos se suicidam a cada ano nesses estabelecimentos. E pesquisas indicam que um terço dos residentes têm pensamentos suicidas.

A informação é publicada por Outra Saúde, 11-04-2019.

Existe um o controverso debate sobre se as pessoas – em qualquer idade – não poderiam fazer uma escolha "racional" em relação à morte, o que se aplicaria eles. Mas a sensação de abandono e falhas na assistência nessas instituições parecem ter um papel importante nas estatísticas. Muitas vezes são dados sinais: moradores dizem às equipes que estão deprimidos, ou solitários, ou que se sentem abandonados pela família, ou que não têm motivos para viver. Familiares apontam que um cuidado melhor poderia evitar as mortes, o que em alguns casos chega a ser confirmado por investigações: após casos de suicídio, lares já foram penalizados por não atenderem aos requisitos das instalações financiadas pelo governo federal.

E, no outro extremo: também nos EUA, o número de crianças e adolescentes dando entrada em emergência e tiveram diagnóstico de ideação suicida ou tentativa de suicídio dobrou entre 2007 e 2015. Mais de 40% desses diagnósticos foram em crianças de 5 a 11 anos.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Idosos suicidas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV