Nicarágua. As frases mais comoventes do bispo Silvio Báez depois do anúncio de sua saída da Nicarágua

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS
  • Aquele que veio para desconstruir e devastar - Frases dia

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


11 Abril 2019

"Como esquecer dos camponeses, das mães das vítimas da repressão, dos jovens perseguidos e sofridos, de quem está nas prisões; levo tudo isto em meu coração", disse o bispo.

A reportagem foi publicada por La Prensa, 10-04-2019. A tradução é de Graziela Wolfart.

Em uma emotiva coletiva de imprensa, o bispo auxiliar de Manágua, monsenhor Silvio José Báez, anunciou nesta quarta-feira que vai embora da Nicarágua, a pedido do Papa Francisco, por um tempo indeterminado, para Roma, onde estará ao lado do “vigário de Pedro”.

“Interessa-me te ter aqui comigo, neste momento preciso de ti”, disse o Papa a Báez durante uma reunião que tiveram no último dia 4 de abril e na qual lhe pediu que saísse da Nicarágua.

A seguir, reproduzimos 14 frases comoventes pronunciadas pelo bispo em sua despedida:

1. “Não pedi para sair, fui chamado pelo Santo Padre”.

2. “Não me esquecerei da Nicarágua a partir deste momento. Continuarei vivendo com fidelidade minha vocação de bispo iluminado pelo evangelho de Jesus Cristo”.

3. “Aonde for, também hastearei com orgulho e com esperança a bandeira azul e branca de nossa pátria”.

4. “Esta decisão do Santo Padre, que aceitei com plena obediência amorosa, fez chorar meu coração”.

5. “Como esquecer dos camponeses, das mães das vítimas da repressão, dos jovens perseguidos e sofridos, de quem está nas prisões; levo tudo isto em meu coração”.

6. “A alegria de ter levado à frente esta missão dá uma paz profunda em meu coração, mesmo que agora dentro de mim tenho que chorar com muita tristeza por ter que deixar minha pátria e meu povo”.

7. “Não somos um exército, onde se obedece por medo, e onde há autoridades acima, que mandam de modo drástico e às vezes irracional. Somos uma fraternidade unida na fé”.

8. “O papa não me fez nem uma só observação, nem uma só crítica, nem uma só correção. Para mim foi a confirmação de Pedro a seu irmão”.

9. “Pude compartilhar com ele muitas coisas, todo vocês sabem como vejo a realidade da Nicarágua, dei minha opinião, minha crítica construtiva e demonstrei ao Santo Padre sobre este ano de dor e sofrimento, de via crúcis deste povo, que estamos prestes a chegar neste dia 18 de abril”.

10. “Em síntese, lhe recordei que este é um povo crucificado, que este é um país sequestrado e que aqui há alguns poderes factuais dominados pela mentira, pela injustiça, pela repressão e pela ambição”.

11. “Não se trata de salvar a economia, não é lançar um colete salva-vidas ao mercado financeiro, por favor, o bezerro de ouro de hoje, que é o dinheiro, não pode ocupar o lugar das pessoas”.

12. “Sonho com uma igreja menos diplomática e temerosa e mais profética e valente para ser uma igreja ao lado dos excluídos dos últimos, dos que não têm voz, das vítimas”.

13. “Sonho com uma igreja que não tenha privilégios mundanos, que seja livre diante do poder”.

14. “Na Nicarágua não há enfrentamentos entre dois grupos, o que há é um grupo idolátrico que sacrifica seres humanos e um povo crucificado”.

15. “Lamentavelmente adoram ao deus riqueza, ao deus dinheiro, e por ele sacrificam seres humanos. Esta é a realidade da Nicarágua”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nicarágua. As frases mais comoventes do bispo Silvio Báez depois do anúncio de sua saída da Nicarágua - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV