Se lixo fosse um produto de exportação brasileiro, venderia mais do que café e açúcar – mercados dos quais o Brasil é líder mundial

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • O suicídio no clero do Brasil

    LER MAIS
  • “Agro é fogo”: incêndios no Brasil estão ligados ao agronegócio e ao avanço da fome, diz dossiê

    LER MAIS
  • Polícia de RO invade casa de advogada para apreender material de defesa de camponeses

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Abril 2019

‘Se lixo fosse um produto de exportação brasileiro, venderia mais do que café e açúcar – mercados dos quais o Brasil é líder mundial. São dezenas de milhões de toneladas de resíduos por ano. O Brasil é o quarto país do mundo que mais descarta lixo plástico, à frente de economias desenvolvidas como o Japão; por outro lado, os japoneses reciclam quase o triplo do que os brasileiros”.

A Piauí publica a reportagem “Lixo, doce lixo”, de Luigi Mazza e Renata Buono.

O volume de resíduos sólidos urbanos produzidos em 2017 foi mais que o triplo de toda a cana de açúcar exportada.

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Se lixo fosse um produto de exportação brasileiro, venderia mais do que café e açúcar – mercados dos quais o Brasil é líder mundial - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV