Todas as dioceses do Texas publicarão os nomes dos padres acusados de abusos

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • A “cristofobia” de Bolsonaro

    LER MAIS
  • “Maciel tinha uma capacidade incrível de manipular e enganar as pessoas”, revela ex-diretora vocacional dos Legionários de Cristo

    LER MAIS
  • A sabotagem social da prisão – Um olhar sobre o sistema carcerário

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


12 Outubro 2018

As 15 dioceses católicas do Texas irão anunciar, no início do próximo ano, os nomes dos membros do clero que enfrentam “acusações críveis” de abusos sexuais de menores, revelou, em um comunicado emitido na quarta-feira, a diocese de Dallas.

A reportagem é publicada por Religión Digital, 11-10-2018. A tradução é de André Langer.

Os bispos do Texas decidiram no mês passado divulgar os nomes em 31 de janeiro como parte de suas estratégias “para proteger os menores de abusos sexuais” e fomentar “a cura e o restabelecimento da confiança” na Igreja, de acordo com o comunicado.

O bispo de Dallas, Edward Burns, disse que a investigação constitui um “projeto importante”, porque abarcará 1.320 paróquias católicas do Texas.

“Meus irmãos bispos e eu estamos confiantes de que esta medida pode ser um passo para a cura de todos aqueles que foram violados por membros da Igreja”, afirmou Burns no texto. “Somo o meu sincero pesar pela dor causada às vítimas e aos fiéis católicos”.

Um porta-voz da diocese de Dallas não respondeu a uma mensagem na qual se pedia uma explicação sobre o que constitui uma ‘acusação crível’ contra um sacerdote na ativa ou retirado.

Burns fez o anúncio um dia depois que comunicou aos fiéis que sua diocese contratou uma equipe de ex-oficiais de polícia estaduais e federais para reverem os arquivos pessoais de 220 sacerdotes que atualmente estão em serviço na diocese. Os investigadores vão examinar todas as acusações contra sacerdotes, não apenas aquelas relacionadas aos abusos sexuais. A investigação poderá ser ampliada para ex-sacerdotes.

“Abrir os nossos arquivos a investigadores externos e tornar públicos os nomes é algo que já venho considerando há algum tempo”, disse Burns no comunicado. “Como me parece ser a coisa certa a se fazer, a diocese de Dallas dispôs que investigadores externos, uma equipe formada por ex-agentes do FBI, estaduais e outros especialistas, examinassem os nossos arquivos desde fevereiro, e ainda tem trabalho a fazer”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Todas as dioceses do Texas publicarão os nomes dos padres acusados de abusos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV