Vaticano publica lista de membros do próximo Sínodo

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma análise de fundo a partir do golpe de Estado na Bolívia

    LER MAIS
  • Gregório Lutz e a reforma litúrgica no Brasil. Artigo de Andrea Grillo

    LER MAIS
  • Lula desequilibra o jogo. Craque é craque

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

17 Setembro 2018

O Papa Francisco acrescentou à lista dos membros do Sínodo, cardeais vindos de 14 países diferentes, bispos de outros 10 países bem como 10 padres que serão membros votantes do encontro.

Os nomeados de Francisco foram anunciados em 15 de setembro e incluem o cardeal canadense Gerald LaCroix, de Quebec, e os cardeais norte-americanos Joseph Tobin, de Newark, Nova Jersey, e Blase Cupich, de Chicago.

O sínodo acontecerá de 3 a 28 de outubro no Vaticano, com o tema "Jovens, Fé e o Discernimento Vocacional".

A reportagem é de Cindy Wooden, publicada por Catholic News Service, 15-09-2018. A tradução é de Victor D. Thiesen

O Papa também nomeou como membros votantes do sínodo o padre Robert Stark, diretor do Escritório do Ministério Social da Diocese de Honolulu, e o jesuíta canadense Michael Czerny, subsecretário do Vaticano para Migrantes e Refugiados.

O cardeal canadense Marc Ouellet, prefeito da Congregação para os Bispos e o cardeal norte-americano Kevin Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, serão membros do sínodo em virtude de seus cargos no Vaticano.

A Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos elegeu como seus delegados ao sínodo o cardeal Daniel DiNardo de Galveston-Houston, presidente da conferência, o arcebispo José Gomez, de Los Angeles, vice-presidente da conferência, O bispo Frank Caggiano de Bridgeport, Connecticut e o Bispo Auxiliar Robert Barron, de Los Angeles.

Eles também elegeram o arcebispo Charles Chaput, da Filadélfia, mas este é listado pelo Vaticano como um membro automaticamente, já que faz parte do conselho permanente do Sínodo.

Os bispos da Igreja Católica Maronita elegeram o bispo Abdallah Elias Zaidan, da paróquia Nossa Senhora do Líbano de Los Angeles, como membro sinodal. Os bispos da Igreja Católica Ucraniana elegeram o Bispo Bryan Bayda de Saskatoon, Saskatchewan.

A Conferência dos Bispos Católicos do Canadá elegeu o arcebispo Luc Cyr de Sherbrooke, Quebec, bispo auxiliar de Montreal, Thomas Dowd, bispo Lionel Gendron de Saint-Jean-Longueuil, Quebec, e o bispo Stephen Jensen, de Prince George, na Colúmbia Britânica.

A União dos Superiores Gerais elegeu 10 membros do sínodo - oito sacerdotes e dois irmãos religiosos - incluindo o Irmão Robert Schieler, superior geral dos Irmãos De La Salle, e o Pe. Michael Brehl, superior geral dos Redentoristas.

As regras do sínodo não preveem a participação de voto para as mulheres.

Francisco também nomeou dezenas de "colaboradores" e "observadores" para o sínodo, incluindo 30 mulheres e vários jovens. Eles participam das discussões do Sínodo, mas não votam nas propostas finais dadas ao Papa.

Os participantes dos EUA incluem: Jonathan Lewis, secretário assistente para Ministério pastoral e preocupações sociais na arquidiocese de Washington, Pe. Robert Panke, reitor do Seminário São João Paulo II em Washington, Irmã Briana Santiago, membro dos Apóstolos da Vida Interior, que participou do fórum de jovens pré-sínodo em março, Yadira Vieyra, pesquisadora e assistente de imigração em Chicago e a Irmã Sally Hodgdon, superiora geral das Irmãs de São José de Chambéry.

Dois jovens filiados à televisão Salt and Light do Canadá também foram nomeados observadores. Eles são Emilie Callan, que foi delegado para a reunião pré-sinodal e Julian Paparella, estudante de teologia.

Nota de IHU On-Line: também foi nomeado pelo Papa Francisco, Antonio Spadaro, jesuíta, diretor da revista Civiltà Cattolica. Para ver o elenco completo dos participantes do Sínodo, clique aqui.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano publica lista de membros do próximo Sínodo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV