Abaixo-assinado ao Papa Francisco: ''Nenhuma exclusão à mesa do Senhor! Salvemos juntos o ecumenismo!''

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Eu fui nomeado o quê? Um carnaval” – a surpresa de um padre de 80 anos

    LER MAIS
  • Papa Francisco: “O que o Evangelho nos pede é ser povo de Deus, não elite de Deus”

    LER MAIS
  • “Não gosto da roupagem que colocam em nós cardeais, é cara e de príncipe”. Entrevista com o novo cardeal mexicano Felipe Arizmendi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


29 Junho 2018

Publicamos aqui o abaixo-assinado que será enviado ao Papa Francisco e que foi divulgado em Aktion.publik-forum.de, de junho de 2018. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis o texto.

Estimado Papa Francisco,

O seu pontificado nos deu esperança em uma Igreja humana. Para o senhor, são importantes os “santos da porta ao lado”, não o “elitismo narcísico”, inimigo da santidade, que também atua na Igreja.

As Conferências Episcopais do mundo lhe expressam a sua estima. O senhor conta com o fato de que as pessoas decidam em nível local sobre as coisas que podem e devem ser decididas em nível local. Isso novamente infundiu o espírito da inspiração na Igreja.

Pedimos-lhe: não permita que, em uma importante questão ecumênica, um espírito elitista impeça o viver juntos em harmonia de cristãs e cristãos.

O ecumenismo entre cristãos evangélicos e católicos está vivo. Como uma dolorosa contradição, falta a comunhão à mesa do Senhor. Sobre o modo de entender a Eucaristia, as Igrejas se dividiram na Reforma. Contra o escândalo da divisão, o diálogo ecumênico, há mais de cinco décadas, levou a um contínuo esclarecimento das controvérsias. A comunhão na Eucaristia é possível.

Pedimos-lhe que reconheça, com um primeiro passo, os casais interconfessionais: como “santos da porta ao lado”, esses casais são embaixadores do ecumenismo, embaixadores que, na comunhão, são fortalecidos. Não permita que a discussão dos bispos alemães sobre um texto relativo à sua participação comum na Eucaristia tenha sido em vão! O fato de o senhor rejeitar esse documento fere os sentimentos de muitas pessoas.

Pedimos-lhe que apoie a grande maioria dos bispos alemães nos seus esforços por mais ecumenismo!

(Todas as assinaturas serão transmitidas no início de setembro ao núncio vaticano, Dom Nikola Eterovic, em Berlim.)

(No site, segue o convite para assinar a petição. No dia 28 de junho, os assinantes eram 5.781.)

Primeiros signatários:

Thomas Andonie, Vorsitzender des Bundes der Deutschen Katholischen Jugend (BDKJ), Düsseldorf

Dr. Norbert Blüm, Bundesarbeitsminister a. D., Bonn Dr. Norbert Copray, Philosoph, Theologe, Direktor der Fairness-Stiftung, Frankfurt a. M.

Dr. Heino Falcke, evangelischer Theologe, Vordenker der »Kirche für andere«, Erfurt

Agnes Frei, Vorsitzende der Leserinitiative Publik-Forum e.V. , Horgenzell

Prof. Hermann Häring, katholischer Theologe, Tübingen

Benedikt Kern, Institut für Theologie und Politik (ITP), Münster

Sibylle Lewitscharoff, Schriftstellerin, Berlin

Dr. Hans Misselwitz, Sekretär der Grundwertekommission der SPD, Mitgründer des Friedenkreises Pankow, Berlin

Ruth Misselwitz, evangelische Theologin, Pfarrerin, Berlin-Pankow

Prof. Jürgen Moltmann, evangelischer Theologe, Tübingen

Dr. Wunibald Müller, katholischer Theologe und Therapeut, Münsterschwarzach

Prof. Axel Noack, em. Bischof der evangelischen Kirche der Kirchenprovinz Sachsen, Halle/Saale

Gisela Noack, evangelische Theologin, Halle/Saale

Pierre Stutz, Theologe und spiritueller Autor, Lausanne

Christian Weisner, Bundesteam der Kirchenvolksbewegung »Wir-sind-Kirche«, Dachau.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Abaixo-assinado ao Papa Francisco: ''Nenhuma exclusão à mesa do Senhor! Salvemos juntos o ecumenismo!'' - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV