Sofia Loren: ''O papa me deu um rosário. Graças a ele, sinto a fé novamente perto de mim''

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • III Jornada Mundial dos Pobres: o papa almoçará com 1500 convidados

    LER MAIS
  • “O Papa não é liberal, é radical”, afirma cardeal Kasper

    LER MAIS
  • III Dia Mundial dos Pobres. A Centralidade dos Pobres na Igreja e na Sociedade

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

22 Junho 2018

“Depois que você o vê e o escuta, você realmente tem vontade de viver e de acreditar, acreditar, acreditar.”

A reportagem é de Gelsomino Del Guercio, publicada em Aleteia, 21-06-2018. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Sofia Loren está dando um novo vigor à sua fé, graças a uma pessoa verdadeiramente especial. E essa pessoa é o Papa Francisco.

Em uma entrevista à revista Famiglia Cristiana (21 de junho), Loren confessa que é “religiosa e praticante um pouco do meu jeito. Todos os domingos eu vejo o papa na televisão”.

De Bergoglio, ela gosta, acima de tudo, “da serenidade e daquele seu modo de falar que lhe transmite segurança. Depois que você o vê e o escuta, você realmente tem vontade de viver e de acreditar, acreditar, acreditar. Esse papa ajuda muito a fé das pessoas”.

A atriz, ícone da beleza mediterrânea, em uma entrevista à revista Oggi (maio de 2014), havia expressado pela primeira vez o desejo de se encontrar com Bergoglio: “O presente mais bonito para o meu próximo aniversário? Um telefonema do Papa Francisco. Digo a vocês, se eu o ouço ao telefone, desmaio!”.

A audiência privada

Foram necessários três anos para realizar esse encontro. Loren havia revelado em uma entrevista ao Corriere della Sera (24 de setembro de 2017), indicando o terço que usava no pescoço:

“Este rosário que eu estou usando foi ele quem me deu há um mês. Estávamos em audiência privada no Vaticano, com a minha irmã Maria, com Alessandra, uma de suas filhas. Foi muito, muito emocionante.”

Na mesma entrevista, a atriz também revelou um detalhe muito íntimo, ligado a seu marido. O jornalista perguntou: “Seu marido repousa em Magenta: Vai visitá-lo?”. Ela respondeu:

“Sempre. Milão não é de passagem para mim, mas tenho muitos amigos lá e, depois, estão os sobrinhos, as irmãs de Carlo. Vou com a esperança de estar um pouco tranquila com ele mais uma vez e de rezar e agradecê-lo sempre.”

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sofia Loren: ''O papa me deu um rosário. Graças a ele, sinto a fé novamente perto de mim'' - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV