México. Conflito sobre o muro. O presidente Peña Nieto cancela visita à Casa Branca

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Aumento da miséria extrema, informalidade e desigualdade marcam os dois anos da Reforma Trabalhista

    LER MAIS
  • Hospitalidade eucarística: “A decisão passa agora para a Conferência Episcopal”

    LER MAIS
  • Um novo documento anti-Francisco com cem assinaturas: “Atos sacrílegos durante o Sínodo, precisa se arrepender”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

28 Fevereiro 2018

Um telefonema e, em seguida, a decisão: cancelar a visita à Casa Branca, pela segunda vez. O presidente do México, Enrique Peña Nieto, renuncia ao encontro cara a cara com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Washington: uma visita para a qual as assessorias dos dois líderes estavam trabalhando já há algum tempo e estava agendada para as próximas semanas. No entanto, as divergências sobre o muro na fronteira entre os dois países - projeto da administração Trump - são amplas demais, quase intransponíveis, e uma reunião pessoal foi considerada inútil.

A informação é publicada por L'Osservatore Romano, 26-27-02-2018. A tradução é de Luisa Rabolini.

A conversa por telefone que aconteceu no último 20 de fevereiro tinha por objetivo selar oficialmente a visita; em vez disso, os cinquenta minutos de conversa entre Trump e Peña Nieto resultaram - de acordo com o relato do 'Washington Post' - em uma ruptura total. No centro do conflito está justamente o muro na fronteira, que Trump entende que o México deva pagar. Mas a Cidade do México se recusa a empregar "um único centavo" nisso. Durante a conversa telefônica - de acordo com o relato apresentado pela imprensa - Trump teria dito que não aceitava a solicitação de Peña Nieto, isto é, reverter a decisão de cobrar o muro do México através de uma série de impostos comerciais e outras medidas.

O tom dos dois líderes teria subido exatamente nesse ponto: Trump "perdeu o controle", relatam fontes mexicanas. Mas a Casa Branca coloca panos quentes, descrevendo, em um comunicado, o presidente como "irritado e frustrado" diante da "posição irrazoável de Peña Nieto". Trump de fato apostou grande parte de sua campanha sobre a construção desse muro e que seria o México a pagá-lo. Portanto, é um ponto considerado de extrema importância para a sua equipe.

O telefonema explosivo foi seguido por uma tentativa de Jared Kushner, o conselheiro de Trump e marido de Ivanka, sua filha, para recompor as relações e abaixar o tom. O resultado final da mediação foi a decisão de que as equipes dos dois países continuarão a trabalhar procurando um acordo sobre o muro. Uma reunião entre os presidentes nos próximos meses, se a cooperação tiver resultados positivos, não pode ser descartada: Peña Nieto poderia tentar uma visita a Washington na primavera ou os dois líderes também poderiam se encontrar na Cúpula das Américas em abril.

Segundo os analistas, agendar uma visita sem um claro entendimento é muito arriscado neste momento para Peña Nieto em vista das próximas eleições presidenciais mexicanas programadas para julho. Também deve ser considerado que as tensões sobre o muro chegam enquanto Estados Unidos, México e Canadá estão empenhados em rever o Nafta, o acordo de livre comércio que os liga. As negociações estão completando a sétima rodada, mas sem resultados concretos.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

México. Conflito sobre o muro. O presidente Peña Nieto cancela visita à Casa Branca - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV