Papa exorta argentinos a “se comunicarem, fazerem pontes, e não muros”

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Viagem ao inferno do trabalho em plataformas

    LER MAIS
  • A implementação do Concílio no governo do Papa Bergoglio. Artigo de Daniele Menozzi

    LER MAIS
  • Metaverso? Uma solução em busca de um problema. Entrevista com Luciano Floridi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


04 Julho 2017

O Papa Francisco exortou os argentinos a “se comunicarem, fazerem pontes, e não levantar muros”, porque, assegurou, “assim se constrói um país de irmãos”. Ele fez isso em uma mensagem que foi ouvida no último domingo, durante a missa de inauguração da rádio “Cristo de los Villeros”, da paróquia San Juan Bosco, o templo da Villa La Cárcova, diocese de San Martín, a cargo do padre José María de Paola.

A reportagem é do sítio AICA, 03-07-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O papa recordou os assentamentos da Villa Independencia, Villa Curita, La Cárcova e Villa 13 de Julio, que integram o grupo de bairros de emergência da localidade de José León Suárez, distrito de San Martín, de Buenos Aires.

“Obrigado pelo trabalho que vocês estão fazendo, por se lançarem por coisas boas, por se comunicarem, por fazerem pontes, e não levantar muros”, afirmou ele, na mensagem inaugural da emissora.

O pontífice pediu que os vizinhos “não se destruam com fofocas, mas se aproximem com a mão estendida” às pessoas, e acrescentou: “Continuem assim. Assim se constrói um país de irmãos, assim se constrói um mundo de irmãos”.

Francisco enviou uma “afetuosa saudação e bênção”, e pediu, como de costume, que rezem por ele, porque ele o faz por eles no Vaticano.

“Avante e com entusiasmo”, concluiu o papa.

No meio da missa, o padre Di Paola e outros sacerdotes compartilharam a mensagem papal, depois de ouvir a leitura do Evangelho. Em seguida, a comunidade começou a aplaudir, gritando: “Viva o Papa Francisco!”.

Depois, o padre Di Paola destacou o apoio do papa à tarefa pastoral dos curas villeros e começou a homilia, dizendo: “Parecia-me importante que ele começasse falando”.

O sacerdote se disse “contente porque esta rádio surge de um bairro muito popular”, onde, afirmou, “no Dia das Famílias, damos o pontapé inicial” para a difusão das suas mensagens.

A jornada pelo “Dia das Famílias” na paróquia concluiu-se com um almoço e um festival gratuitos, dos quais participaram dezenas de moradores da região.

Texto completo das palavras do papa

“Construam um país de irmãos, construam um mundo de irmãos”

A todos os que idealizaram, trabalham, escutam a Rádio Cristo de los Villeros, a todos os meus irmãos da Paróquia San Juan Bosco, Villa Carcova, Villa 13 de Julio, Villa Curita de José León Suárez, mando-lhes uma afetuosa saudação com minha bênção.

Obrigado pelo trabalho que estão fazendo, obrigado por se lançarem por coisas boas, por se comunicarem, por fazerem pontes, e não levantar muros. Obrigado por não se destruírem com fofocas, mas por se aproximarem com as mãos estendidas.

Continuem assim. Comuniquem-se assim.

Assim se constrói um país de irmãos, assim se constrói um mundo de irmãos.

Que Deus os abençoe.

Rezem por mim. Eu vou rezar por vocês e vou fazer de coração.

Avante com entusiasmo!

Que Jesus os abençoe e que a Virgem Mãe os cuide.

Amém.

Uma ideia do padre Di Paola

A emissora nasceu por iniciativa do padre Di Paola, com a intenção de chegar à comunidade paroquial e aos vizinhos da região. A ideia é que haja um vínculo de proximidade com as pessoas dos bairros. Participam desse projeto jornalistas jovens e adultos que colaboram na produção dos programas.

A Rádio Cristo de los Villeros se soma às oficinas de culinária, apoio escolar, eletricidade e jornalismo que são realizadas na escola San Romero de América, ao lado da capela Nuestra Señora del Milagro.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa exorta argentinos a “se comunicarem, fazerem pontes, e não muros” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV