Londres: católicos e luteranos juntos na Catedral de São Jorge para comemorar os 500 anos da Reforma

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • “A Terra é um presente para descobrir que somos amados. É preciso pedir perdão à Terra”, escreve o Papa Francisco

    LER MAIS
  • Piketty: a ‘reforma agrária’ do século XXI

    LER MAIS
  • Sínodo, o único sacerdote indígena: “Eu deixaria o sacerdócio se entendesse que o celibato não serve mais para mim”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Março 2017

“Um encontro que teria sido impossível há apenas 50 anos e que permite que católicos e luteranos superem as tradições às quais estão apegados ao longo dos séculos, como resultado de histórias diferentes, a fim de reconhecer a presença de Cristo uns nos outros.” Com essas palavras, o arcebispo de Birmingham, Bernard Longley, discursou no rito que contou com a reunião, no domingo passado, na catedral londrina de São Jorge, de católicos e luteranos, para comemorar o 500º aniversário da Reforma e os 50 anos de diálogo ecumênico. Uma oportunidade também para rezar pelas vítimas do terrorismo e recordar o ataque ocorrido na semana passada em Westminster.

A reportagem é publicada por Servizio Informazione Religiosa (SIR), 27-03-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Também participaram da oração comum o Rev. Martin Lind, bispo da Igreja Luterana da Grã-Bretanha, e o arcebispo de Southwark, Peter Smith. Católicos e luteranos agradeceram pelo Evangelho que compartilham, expressaram arrependimento pela tristeza das divisões da Reforma e se comprometeram para testemunhar a mensagem cristã para um mundo dividido e ferido.

Depois de recordar a história comum dos católicos e dos luteranos no Reino Unido e as figuras mais importantes dos bispos que a construíram, o arcebispo Longley disse que “hoje as duas fés têm a oportunidade de se comprometer novamente para trabalhar e rezar juntas pela unidade cristã”.

“O caminho que nos aproxima uns dos outros”, disse ainda Dom Longley, “é a obediência ao chamado de Cristo como expressado no Sermão da Montanha: ‘Vós sois o sal da terra’.”

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Londres: católicos e luteranos juntos na Catedral de São Jorge para comemorar os 500 anos da Reforma - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV