Trump assina lei que fixa meta para Nasa enviar humanos a Marte até 2030

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco nomeia novo secretário: um padre que trabalha com crianças de rua e viciados em drogas

    LER MAIS
  • O crime da Vale em Brumadinho: metáfora de um sistema minerário predatório

    LER MAIS
  • O papa aprova como vice Decano o argentino Sandri que se calou sobre os crimes do padre Maciel, estuprador de 60 crianças

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

22 Março 2017

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta terça-feira, 21, uma lei que repassa US$ 19,5 bilhões à Nasa para o atual ano fiscal e estabelece como objetivo da agência enviar humanos a Marte até 2030.

Trump disse estar "encantado" em sancionar a lei em cerimônia no Salão Oval da Casa Branca, onde estava acompanhado dos congressistas que elaboraram o projeto, do vice-presidente do país, Mike Pence, e das autoridades da Nasa.

A informação é publicada por O Estado de S. Paulo, 22-03-2017.

"Essa lei reafirma nosso compromisso nacional com a missão central da Nasa", destacou Trump, afirmando que quer garantir a manutenção dos programas mais importantes da agência e ressaltando que os EUA seguem como "líderes totais" da exploração do espaço.

O presidente também citou a importância da transição das atividades de exploração espacial para o setor privado. Em 2011, a Nasa encerrou os voos de suas naves espaciais e, desde então, depende da Rússia para levar astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS).

Atualmente, várias empresas privadas, entre elas a Boeing e a SpaceX, estão trabalhando para realizar missões tripuladas para levar os astronautas americanos à ISS sem depender de outros países.

Por outro lado, Trump ressaltou que a lei sancionada nesta terça apoia as atividades de exploração do espaço profundo da Nasa. De fato, o texto fixa como objetivo de longo prazo enviar humanos à superfície de Marte até 2030.

Em outubro do ano passado, o então presidente do país, Barack Obama, afirmou que os EUA estavam no caminho correto no setor espacial, com a cooperação entre o governo e investidores privados, para conseguir chegar a Marte na data estabelecida.
Após assinar a lei, Trump recebeu de presente dos representantes da Nasa uma jaqueta de astronauta.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Trump assina lei que fixa meta para Nasa enviar humanos a Marte até 2030 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV