Usina do Sítio Pimental é concluída no complexo de Belo Monte

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Opositores do papa: continuem assim

    LER MAIS
  • Papa Francisco condena perseguição antigay e está preocupado com “cura gay”

    LER MAIS
  • Católicos e anglicanos - Trabalhar juntos para bem da humanidade, diz secretário do Vaticano

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Novembro 2016

A Norte Energia concluiu a montagem da Casa de Força Complementar da Usina Hidrelétrica Belo Monte. A instalação eletromecânica da quinta e da última das seis unidades geradoras situadas no Sítio Pimental marca a conclusão da menos usina do complexo em construção no Rio Xingu, no Estado do Pará. Em dezembro deste ano, as duas máquinas devem iniciar a geração comercial autorizadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A reportagem foi publicada por Canal Energia, 26-11-2016.

Pimental tem potência total de 233,1 MW e corresponde a 3% da geração do complexo Belo Monte, que conta também com a Casa de Força Principal, em construção no Sítio Belo Monte. As seis turbinas de Pimental são do tipo bulbo com capacidade para gerar até 38,8 MW cada uma. As unidades geradoras aproveitam a força natural do Xingu para gerar energia e estão localizadas ao lado do vertedouro da usina, na altura do barramento do rio.

A Norte Energia também concluiu o giro mecânico da quarta unidade geradora da Casa de Força Principal de Belo Monte. No dia 22 de novembro, o teste foi aplicado com êxito e é a primeira etapa para sincronizar a turbina ao Sistema Interligado Nacional. A máquina representa mais 611,1 MW na geração do empreendimento em construção, no Rio Xingu, e tem previsão de operação comercial em dezembro de 2016.

O complexo hidrelétrico Belo Monte estará em plena operação em 2019, com 24 turbinas, incluindo as 18 da maior casa de força do empreendimento, no Sítio Belo Monte. A hidrelétrica do Xingu gerará 11.233,1 MW, energia suficiente para abastecer um consumo médio de 60 milhões de pessoas, nos 17 estados em que as concessionárias de distribuição adquiriram previamente a energia de Belo Monte, em leilão realizado pela Aneel em 2010.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Usina do Sítio Pimental é concluída no complexo de Belo Monte - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV