Povos em Movimento

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • Por que o Papa Francisco não tem medo de um cisma

    LER MAIS
  • Os 12% do presidente – em que lugar da sociedade habita o bolsonarista convicto?

    LER MAIS
  • O cardeal Burke inicia a cruzada contra o Sínodo sobre a Amazônia, com base em um documento herético

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

21 Junho 2016

“Como é bonito ver a diversidade povos chegando com seus vistosos corpos pintados enfeitados de futuro, com os pés no chão da luta pelos seus direitos e seu Ben Viver.

Termos quatro dias de intensos debates e mobilizações. Estaremos partilhando os momentos fortes dessa III Assembléia dos povos indígenas de Goiás e Tocantins”, escreve Egon Heck, do secretariado nacional do Conselho Indigenista Missionário – CIMI, ao enviar o artigo que publicamos a seguir.

Eis o artigo.

Fotos: Cimi GOTO e Egon Heck

A lua dá seu espetáculo, cheia de graça e esplendor, despertando da cama da noite para se projetar sobre a aldeia global. Palmas para ela. É véspera de um grande momento para os povos originários indígenas de Goiás e Tocantins. Centenas deles estão juntando seus quase nada e recheando suas mochilas e corações de esperança, ousadia e sabedoria. Palmas será a próxima aldeia grande onde todos irão debater seus projetos de bem viver, denunciar a violência e ameaças que pesam sobre suas aldeias e cabeças.

Neste início de semana mais de 500 lideranças dos 10 povos que vivem e lutam nessa região estarão chegando à grande aldeia de Palmas. Ali se encontrarão com outros parentes e aliados dos movimentos sociais e indigenista para um amplo debate, mobilizações e elaboração de estratégias comuns para o enfrentamento neste momento de profunda crise por que passa o país.

Apreensão e revolta



Eles vêm imbuídos e tomados por um sentimento de profunda revolta e comoção pelo massacre de parentes seus em Caarapó, no Mato Grosso do Sul. Ali fazendeiros e pistoleiros mataram e feriram parentes Kaiowá Guarani, na violência genocida, que eles vêm sofrendo. Já enviaram sua mensagem de solidariedade e vão conversar na Assembleia para ver como vão ajudar os Kaiowá Guarani na recuperação de suas terras.

No longo e promissor processo de preparação da Assembleia também foram identificando os grandes desafios e violência por que estão passando os povos originários nessa região

No início de dezembro de 2015 uma delegação dos povos indígenas desta região esteve em Brasília denunciando violação de seus direitos, exigindo providências imediatas.

O povo Xerente, estão sofrendo a intoxicação do veneno lançado de um avião atingindo as três aldeia da divisa porque terra ela menor. Além disso fazendeiros agricultores invadindo a Terra demarcada a metade da terra esta desmatado.

O povo Kanela do Tocantins, queremos a demarcação da Terra o quanto, ela e importante para o nosso povo precisamos a demarcação da Terra nos sofremos sem ela não tenha a onde sobrevivermos não cultivamos nada para si alimentarmos.

Karajá Xambioá, a nossa terra ela esta sendo agredida esta sendo explorado pelos fazendeiros e madeireiras e estão comprando as nossas terras.

Estamos sofrendo grande com a falta da demarcação da nossa terra queremos a nossa terra.

 

Não aceitamos o projeto MATOPIBA, porque ele é a morte da natureza e dos nossos povos.

A revoada de lideranças dos povos indígenas da região para a aldeia Palmas traz um alento à luta pelos seus direitos, amplia a união, solidariedade e alianças.

Para Antonio Apinajé, que já está no espaço da Assembleia para receber seus parentes, ressaltou “A Assembleia é um espaço de mobilização e debate dos nossos problemas. As autoridades tem que dar uma resposta. O silêncio neste momento é suspeito”

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Povos em Movimento - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV