Papa Francisco visita as comunidades marginalizadas no México em fevereiro

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Estas são as razões do ‘adeus’ do (ex-)cardeal Angelo Becciu

    LER MAIS
  • “O Óbolo de São Pedro foi usado para pagar um imóvel em Londres”: a investigação sobre o cardeal Becciu

    LER MAIS
  • Pantanal: “Já queimaram uma área tão grande que os bichos não têm mais para onde correr”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Fevereiro 2016

O Papa Francisco visitará algumas das comunidades mais marginalizadas do México e procura trazer esperança para um país que sofre pelo crime, corrupção e desigualdade quando ele fará a visita entre 12 e 17 fevereiro.

A reportagem é de Carol Glatz, publicada por Catholic News Service, 28-01-2016. A tradução é de Evlyn Louise Zilch.

Francisco vai parar em seis cidades, incluindo duas no estado de Chiapas e – em frente a El Paso, Texas – Ciudad Juárez, que há apenas cinco anos foi considerada a "capital mundial do assassinato", com os cartéis de drogas disputando um corredor de tráfico.

O papa disse em novembro que queria visitar cidades onde São João Paulo II e o Papa Bento XVI nunca estiveram. Mas ele disse que vai parar na capital da Cidade do México para rezar na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe. "Mas se não fosse pela Nossa Senhora", ele não iria lá, ele disse aos repórteres.

O papa voará para o exterior e retornará para a Cidade do México a cada dia depois de celebrar missa na basílica no segundo dia de sua viagem.

Ao longo dos quatro dias seguintes, ele visitará um hospital pediátrico na capital, bem como famílias e comunidades indígenas no estado meridional de Chiapas, o estado mais pobre do México, que ganhou a atenção mundial pela rebelião Zapatista da década de 1990.

O correspondente da NCR do Vaticano, Joshua J. McElwee, viajará com o papa. O NCR terá repórteres adicionais em Chiapas e na Ciudad Juárez durante a viagem. Assita à cobertura aqui e acompanhe um relatório completo na próxima edição de impressão.

Francisco visitará os jovens e religiosos em Morelia, celebrando a missa na fronteira México - Estados Unidos da Ciudad Juárez e visitando sua infame prisão estadual Cereso, onde pelo menos 20 pessoas foram mortas durante rebeliões em 2009, desencadeadas por gangues rivais entre os prisioneiros.

"Estamos certos de que a presença do Santo Padre vai nos confirmar a fé, a esperança e a caridade e vai ajudar a igreja a avançar em sua missão permanente", disse a conferência dos bispos mexicanos em um comunicado em 12 de dezembro. "Isso vai incentivar crentes e não crentes e nos comprometer com a construção de um México justo, com solidariedade, reconciliação e paz".

Fr. Oscar Enríquez, pároco e diretor do Centro de Direitos Humanos de Paso del Norte na Ciudad Juárez, disse ao Catholic News Service que Juárez é muitas vezes vista como um exemplo de superação da violência extrema. "O papa sempre olha para as periferias. Juárez é a periferia do México e é um lugar de travessia de migrantes".

Fr. Patricio Madrigal, pároco na Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe na cidade de Nueva Italia em Michoacán, disse que, ao visitar Morelia, o papa "quer estar mais perto de uma área abatida pela violência. Ele quer trazer conforto e também a proximidade".

O encontro do Papa com os jovens e religiosos em Morelia é importante, Madrigal disse, já que a igreja ali trabalha para manter as crianças fora dos cartéis, providencia sacerdotes para o apoio, e "fortalecer-nos na fé e em nosso trabalho no atendimento às vítimas de violência".

Sacerdotes da região acidentada de Tierra Caliente deram apoio moral e espiritual para vigilantes que se armavam para fugir de um cartel de drogas em 2013.

Francisco "quer dar aos jovens uma mensagem de esperança e dizer que eles fiquem longe da tentação da violência", disse Madrigal.

Abaixo segue o itinerário do papa como divulgado pelo Vaticano. Horários listados e locais. Os lugares que o papa visitará estão no Central Standard Time, exceto a Ciudad Juárez, que está no Mountain time.

Sexta-feira, 12 de fevereiro
12:30 Partida do Aeroporto Fiumicino de Roma.
19:30 Chegada ao Aeroporto Internacional Benito Juárez na Cidade do México.

Sábado, 13 fevereiro
09:30 Cerimônia de boas vindas no Palácio Nacional, Cidade do México, com o presidente da República.
11:30 Encontro com os bispos do México na catedral da cidade.
17:00 Missa na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe. Homilia do Papa.

Domingo, 14 de fevereiro
10:30 Vôo de helicóptero para o "centro de estudos" de Ecatepec para a missa.
16:30 Retorno à Cidade do México para visita ao Hospital Infantil de Federico Gómez.
18:00 Reunião no Auditório Nacional, com representantes da cultura.

Segunda-feira, 15 de fevereiro
07:30 Vôo para San Cristóbal de las Casas, Chiapas.
10:15 Missa no centro esportivo da cidade com a comunidade indígena.
13:00 Almoço com representantes da comunidade indígena.
16:15 Reunião com famílias no Estádio Victor Manuel Reyna em Tuxtla Gutiérrez. Discurso do papa.
18:10 Retorno à Cidade do México.

Terça-feira, 16 de fevereiro
07:50 Vôo para Morelia.
10:00 Missa com os sacerdotes, seminaristas, religiosos e religiosas.
16:30 Encontro com os jovens no Estádio José Maria Morelos y Pavón.
18:55 Retorno à Cidade do México.

Quarta-feira, 17 de fevereiro
08:35 Vôo para Ciudad Juárez.
10:30 Visita à prisão Cereso.
12:00 Reunião com trabalhadores e empregadores no Colégio de Bachilleres do Estado Mexicano de Chihuahua.
16:00 Missa no local de feiras de Ciudad Juárez.
19:15 Regresso à Roma.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa Francisco visita as comunidades marginalizadas no México em fevereiro - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV