No dia do suicídio de Vargas, ato defende petróleo 100% público

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • "Celebrar a vida em abundância": o desejo dos católicos e católicas LGBT+ no Brasil

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


24 Agosto 2015


 A criação da Petrobras está diretamente relacionada ao movimento popular do início da década de 50 chamado “O petróleo é nosso”. O slogan ganhou as ruas e rompeu com o discurso vigente até então, de que apenas grandes consórcios internacionais seriam capazes de montar uma indústria petrolífera no Brasil.

A reportagem é de Emanuel Cancella, publicada por Jornal GGN, 23-08-2015.

O passado de lutas a favor da criação da Petrobras teve sua origem na ABI. Faz-se necessário um retorno à afirmação histórica da entidade e das lutas contra a privatização do petróleo.

Todas as riquezas nacionais, entre elas o PETRÓLEO, precisam estar sempre a serviço do interesse popular, 100% estatal,por isso seguiremos lutando contra qualquer forma de privatização.

A Petrobras responde hoje por cerca de 17% do PIB. As obras das refinarias que iriam garantir a autossuficiência do Brasil no refino estão paralisadas. O Comperj teve seu projeto reduzido, retirando a parte mais lucrativa da indústria do petróleo, que é o braço petroquímico. Estaleiros e fábricas de sondas estão parando. Trabalhadores perdendo seus empregos.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

No dia do suicídio de Vargas, ato defende petróleo 100% público - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV